• Vídeo Novo

  • Aeroportos são os lugares mais emocionantes que você pode encontrar na face da terra. Tem gente chegando, gente recebendo, gente saindo e gente deixando que vá. Tem lágrimas de felicidade, lágrimas pela saudade que bate forte no peito e lágrimas pelo medo do que tem por vir. Afinal, quem sabe o que temos pela frente?

    Ansiedade? Descubra que essa era uma palavra até então desconhecida antes de entrar nesse universo de chegadas e partidas. Faça as malas ansiando para ir e já ansiando para voltar. É contraditório, mas a saudade pode aparecer mesmo antes de sequer se despedir. Além disso, depois dessa enxurrada de emoções, entre chegadas e partidas, quem embarca ainda tem mais um turbilhão pela frente. Decolar e pousar são apenas duas delas. O melhor de tudo é poder ver o mundo de cima das nuvens. Arrisco dizer que é como brincar de Deus enquanto você é apenas um pontinho. Não tem como entrar num avião sem olhar pela pequena janela, dar um longo suspiro e sentir-se uma formiguinha na imensidão.

    çslkv

    Deixe de lado todas as dúvidas e torne-as certezas. Esqueça seus medos e viva os seus sonhos. Perca um pouquinho de si e traga novas versões suas a tona ♥

    O Pinterest é uma das redes sociais mais bacanas atualmente, e uma das que mais vem crescendo. Com ele, é possível criar “quadros” de interesse e neles separar tudo (tudo = imagens, o conteúdo principal do site) por assunto. Depois, é só adicionar o conteúdo interessante que você achar, dando “Pin” e colocando nesses quadros.

    Muita gente usa o site principalmente para achar inspiração: decoração de casa, de festas, receitas, moda, dicas de cinema, e muito mais. E como é uma rede social, você pode seguir pessoas de acordo com seus interesses e deixar tudo ainda melhor.

    Eu já uso faz um tempo, meu perfil. Nessa conta, eu organizava de maneira mais genérica, “Animais”, a melhor cidade do mundo (NY), “Pessoas” e outros tantos outros, e ia repinando (sim, o Pinterest também tem um verbo próprio) loucamente tudo que aparecida na minha timeline. Mas, inspirado em alguns exemplos que tenho visto por aí, tive uma ideia.

    felipe-pinterest-cabide-colorido

    Sou viciado em livros, e em organizar eles. Então, obviamente eu já tinha catalogado minha coleção em pelo menos duas formas diferentes. Apesar disso, nunca tinha pensando em nada online (mesmo depois de perder tudo quando meu computador morreu). Explorando o Pinterest, eu percebi que muita gente tinha quadros para seus livros, para os que leu, os que quer ler e etc.

    Adorei a ideia, mas não queria apenas alguns quadros dentro da minha conta. Queria algo como um “sistema”, com cada quadro organizado e fácil de achar. Resolvi então criar outra conta, e fazer tudo do zero. Surgiu então minha segunda página

    board-cabide-colorido-felipe

    Nessa, eu organizo os livros que eu tenho em um quadro, e fiz também algumas outras listas, o que facilitou muito a vida e deixou tudo mais agradável de se ver. Olha que bacana que ficaram os livros organizados:

    livros-catalogar-cabide-colorido-cc

    Não cheguei nem na metade da organização, mas adicionar e arrumar as coisas no Pinterest é uma coisa tão divertida e fácil, que não quero terminar tão cedo. Já fico pensando em outras coisas pra catalogar também.

    O mais legal é que muita coisa dá de ser organizada no Pinterest, é só usar a criatividade!

    Até a próxima

    O último domingo, dia 23 de junho, tinha tudo de convidativo para ser um dia de chocolates e preguiça. O dia estava nublado e o inverno estava dando as caras, mas jovens de todos os cantos da cidade de São Paulo tomaram coragem de largar as cobertas quentinhas e ir ao festival organizado pela escola de idiomas Cultura Inglesa. Tudo para ver um trio brasileiro super zoado, uma banda onde todos os integrantes tem bochechas rosadas e cabelos longos e uma inglesinha pra lá de fofa. ♥

    osjfo

    Foi no Memorial da América Latina onde tudo aconteceu. Os portões abriram as 11 horas da manhã e receberam centenas de jovens alunos e não-alunos da escola. E o melhor: a entrada era gratuita! Lindos, né?

    Acompanhei o show do Bonde do Rolê, The Magic Numbers e Kate Nash sem saber música nenhuma e mesmo assim amando muito! Todos foram muito animados, lindos e super britânicos. <3 O Bonde do Rolê entrou no palco as 16 horas fazendo um cover super engraçado do The Cure e depois, é claro, cantaram algumas músicas loooucas deles. Em seguida, The Magic Numbers, banda indie londrina, colocou todo mundo pra pular.

    Por fim, a graciosa Kate Nash, que é um barril de fofura, fechou o evento. Ela conversou com a plateia, vestiu a bandeira do Brasil e, apesar de tímida, cantou muito! Acredita que depois de ter terminado o show e a produção já estar desmontando os equipamentos, ela voltou e cantou mais duas músicas pro pouco público que ainda restava? Virei fã! Assiste esse clipe (mega bonito e bem produzido) dela, tenho certeza que você vai passar o resto do dia cantando:

    Ah, pra quem não está por dentro, o festival não consistia apenas no show de domingo! É desde meados de maio que a programação está rolando e vai até o final deste mês. Tem desde cinema, teatro e até balada! No site oficial você pode acompanhar a programação completa ;)

    Beijo beijo,

    Cris

    Quando terminamos o ensino médio, saímos pensando no vestibular. Na faculdade. No futuro emprego. Em todas as responsabilidades que iremos assumir e o que nossas ações implicarão no futuro. Mas, quando saí do ensino médio me deparei com dois sentimentos: um foi a falta de vontade de decidir o que eu queria ser e fazer com 18 anos; e o outro foi essa sensação de querer algo mais. Algo além do certinho, do esperado, do normal, do “de sempre”. Queria ir além. E ainda quero.

    Para quem, assim como eu, quer se aventurar um pouquinho, que tal o intercâmbio? Antes de escolher o destino se atenha aos preços agregados a eles, os intercâmbios mais baratos são para:

    Dublin – Irlanda

    Localizada na costa oriental da ilha e conhecida por seus vários festivais: religiosos, musicais, artísticos, feiras de livros, comidas e bebidas. Dublin é cidade natal de várias bandas e escritores, como U2 e Oscar Wilde – autor de o Retrato de Dorian Grey- e foi nela que se originou uma das cervejas mais consumidas do mundo: Guinness. Em Dublin, você poderá conhecer museus que contém a história georgiana e medieval da cidade, apreciar os diversos festivais, se esbaldar nos mercados de pulgas que vendem tudo que podemos imaginar ou frequentar os famosos Pubs Irlandeses.

    Custo médio de um intercâmbio de 6 meses (curso de inglês + visto + seguro saúde + acomodação + taxas) : R$ 11.000,00 *

    Dublin - Cabide Colorido

    Toronto – Canadá

    É a capital financeira do Canadá, e tem a maior concentração de sedes de empresas e instituições culturais. É considerada como uma das cidades mais artísticas do país. Toronto é um grande centro turístico, nele você pode conhecer o maior museu do Canadá, o ROM – Royal Ontario Museum – que possui mais de 6 milhões de peças; o Art Gallery Of Ontário inaugurado em 1900 que possui uma das maiores coleções de arte moderna e os diversos shoppings e galerias. Desde 2011, Toronto é palco de protestos contra grandes corporações, lutam contra o capitalismo e a população constantemente vai às ruas protestar.

    Custo médio de um intercâmbio de 6 meses(curso de inglês + visto + seguro saúde + acomodação + taxas) : R$ 10.600,00*

    Toronto - Cabide Colorido

    Auckland – Nova Zelândia

    Cidade mais populosa e capital financeira da Nova Zelândia apesar de sua capital ser Wellington. Abundante em empregos e oportunidades educativas, entretanto possui problemas com violência e a falta de um bom transporte público. Apesar de tudo, ocupa a posição 23ª na lista de cidades mais ricas do mundo. Nela se encontra a Sky Tower, edifício mais alto do hemisfério sul, apenas 8 centímetros menor que a Torre Eiffel. E uma das principais atrações da cidade é o Kelly Tarlton´s Underwater World, misto de museu, aquário e mini parque aquático. Kelly Tarlton foi o idealizador, que reuniu peças e criou o museu. Dá pra observar evoluções das acomodações desde o início até hoje. É possível observar as evoluções das acomodações desde o início até hoje.

    Custo médio de intercâmbio de 6 meses (curso de inglês + visto + seguro saúde + acomodação + taxas) : R$9.000,00*

    Nova Zelândia - Cabide Colorido

    E aí, ficaram com vontade de conhecer esses destinos? Super legais né?! Além de claro, terem um precinho mais legal para nossos bolsos.

    *Esses valores não têm passagem aérea inclusa, essa varia conforme a data de compra.

    – Daniele Affonso

    Hoje não dá pra escrever sobre moda, hoje não dá pra se acomodar diante da situação que estamos vivendo. E sinceramente, não gostaria de misturar as coisas aqui no blog, mas diante da situação que presenciei, vou deixar minha opinião aqui registrada.

    Ontem, voltando da faculdade, depois de mais um dia, estava sentada no banco, esperando meu ônibus passar. Ele demorou pra chegar, mas até aí tudo bem. Até que um ônibus parou, e dele, saiu um idoso. Ou melhor, tentou sair. Uma de suas pernas era amputada e adivinha: sim, o ônibus não tinha se quer, uma saída, uma escada adaptada para ele descer. Vi nos olhos dele, a humilhação ao tentar sair sozinho. Ele teve que se abaixar, teve que sujar sua roupa para tentar sair daquela porcaria.

    Sim, ajudaram o homem até que ele conseguiu pisar firme no chão da calçada. Mas sinceramente, antes de qualquer ajuda, ele merecia um transporte público adaptado. Ele é um cidadão, paga seus impostos assim como eu, assim como você, assim como todo mundo que vê sua renda indo para o espaço, por pagar contas e mais contas à cada começo de mês.

    Não são 0,20 centavos. É essa porcaria desse estatuto do nascituro, é a PEC 37, são os roubos, os desvios de verbas públicas, são as bolsas que tapam furo de uma educação precária, são hospitais lotados, são os políticos corruptos que gargalham da nossa cara, gastando horrores enquanto trabalhamos para pagar impostos e mais impostos.

    Depois de tantas fotos dos protestos de ontem, que aconteceram em vários cantos do Brasil, mais do que nunca, afirmo: tenho orgulho de fazer parte dessa geração. Orgulho de tentar mudar o meu país. Quem manda aqui somos nós, não o senado. Não podemos inverter os papéis. Isso é só o início de uma grande revolução. Se temos dinheiro para estádios e para sediar uma Copa do Mundo, temos dinheiro também para a saúde, e principalmente para a educação.

    Rio de Janeiro – RJ
    rio de janeiro

    Brasília – DF
    BRASILIA1012732_140100836185089_284008279_n

    Depois de chorar, depois de ficar arrepiada e com o coração na mão, termino esse post divulgando o evento da Passeata que teremos em Blumenau na próxima quinta-feira 20/06: www.facebook.com/events/passeatablumenau.

    A alienação não pode tomar conta desse país. Chegou a hora de mudar, faça sua parte. Não importa a classe social, não importa se você não pega ônibus todo santo dia e tem um plano de saúde legal. Somos um só povo, somos todos brasileiros, somos uma só nação.