• Vídeo Novo

  • Vamos falar de uma coisa que quase todo mundo gosta, música. Nós listamos 7 álbuns internacionais de 2016 que você precisa ouvir.

    Arte ou entretenimento, a música é uma coisa poderosa, capaz de gerar e mudar sentimentos em um passe de mágica. É praticamente impossível definir músicas e artistas como bons ou ruins, afinal o gosto pessoal não te dá o direito de dizer que certa coisa não presta, sendo que ela apenas não é para você. Por esse motivo que nós do Seven List não gostamos de listar coisas como “melhores ou piores”, e em todos os posts com indicações sempre enfatizamos esse detalhe.

     2016 já passou da metade, e está sendo um ano de muitos lançamentos de álbuns musicais mega esperados, principalmente no mundo POP. Já vamos deixar claro aqui que o Lemonade da diva Beyoncé, Anti da Rihanna e Glory da Britney Spears, não está em nossa lista. Por qual motivo? Apenas porque são tão maras que com certeza você já ouviu, ou pelo menos escutou falar. Caso ainda não conheça é melhor fazer isso o mais rápido possível.
    Bom, dessa vez o post é só sobre os discos internacionais, mas caso você queira ver um post especial sobre os álbuns nacionais ou até mesmo indicações de artistas que ninguém conhece aqui no Brasil, conta pra gente aí nos comentários.

    Vamos as nossas dicas, veja 7 álbuns internacionais de 2016 que você precisa ouvir.

    Seven List

     E aí, o que você achou? Quais são os outros álbuns de 2016 que você adora? Esse ano está com tanta coisa legal na música que a sua lista deve ter muito mais que 7 itens.
    Aproveita que você já está por aqui e confira nosso outro post com 7 séries originais Netflix que você precisa ver.
    Não deixe de dar uma passadinha aqui no Cabide Colorido todos os dias para ver o que tem de novo por aqui, e passar lá no Seven List que sempre está lotado de conteúdo novo.
     Até terça que vem! =)

    Esses dias postei aqui um post a respeito de canais do Youtube de casais lésbicas e viajantes, se não viu clica aqui, e pra provar que existem vários lugares legais e super coloridos no mundo, você precisa conferir a lista de melhores destinos gay-friendly para intercambistas!  Trata-se de cidades que possuem políticas específicas para casais homossexuais, população receptiva e excelentes opções de ensino.

    #1. São Francisco – Estados Unidos

    gay-friendly-travel-same-sex-marriages

    Reconhecida como a verdadeira Meca do público LGBT, São Francisco foi pioneira na conquista de diversos direitos da comunidade gay americana. Para se ter uma ideia, enquanto a Suprema Corte dos Estados Unidos legalizou o casamento homossexual em todo país apenas no ano passado, em 2004, onze anos antes, a cidade emitiu a primeira licença de casamento entre pessoas do mesmo sexo. Além disso, São Francisco fez sua primeira Parada do Orgulho Gay em 1970, contemplada por cerca de 30 pessoas na época.

    Ao escolher a cidade como destino para o seu intercâmbio, você não pode deixar de conhecer Castro District, uma das maiores comunidades LGBT do mundo. Nas calçadas do bairro, você poderá observar vinte placas da Rainbow Honor Walk que contam a história do movimento no país ou então visitar o GLBT History Museum, que conta com exibições de documentos e fotos do passado gay de São Francisco. Outro diferencial de São Francisco são seus eventos e atrações. Em junho, cerca de meio milhão de pessoas se divertem na Parada do Orgulho Gay, Lésbico, Bissexual e Transgênero realizada na cidade. No mesmo mês também acontece o Festival Internacional de Cinema LGBT. Já em maio é a vez do carnaval da cidade. Em setembro, tem a feira do fetiche Folsom Street Fair e, em outubro, a Castro Street Fair. Eventos LGBT não faltam, e gente do bem também! <3

    #2. Sydney – Austrália

    sydney-gay

    Também reconhecida como um dos melhores destinos gay-friendly do mundo, gays e lésbicas são uma parte vital da bem-organizada e colorida Sidney. Na verdade, a Austrália inteira pode ser considerada um paraíso para a comunidade LGBT, pois todas as suas cidades comemoram o Orgulho Gay de alguma forma, sendo o mais famoso o Sydney Gay and Lesbian Mardi Gras, o maior carnaval gay do planeta. Agora, se você já se interessou pelo Castro District de São Francisco, não perde por esperar as famosas pool parties que acontecem nos bairros Potts Point e Elizabeth Bay, redutos da expansão da comunidade LGBT de Sydney.

    Também vale visitar a Oxford Street, localizada entre os bairros Darlinghurst e Surry Hill, centro da cultura gay desde a década de 1960. Ao todo, são mais de dez bairros gays espalhados pela maior cidade da Austrália. Sydney conta ainda com cerca de 37 praias deslumbrantes, recheadas por corpos bronzeados, muita azaração e uma vida noturna invejável! Além da vibe praiana, não faltam opções de bares, restaurantes, boates e pubs para todos os gostos e estilos espalhados pela cidade.

    #3. Montreal – Canadá

    montreal-gay-village-summer-events-pedestrian-car-free-streets-oknidius

    Bilíngue e com ar europeu, a cidade esbanja charme, elegância e gente bonita. Fatores esses que, por si só, já poderiam agradar muitas pessoas, mas Montreal tem ainda muitos pontos positivos, principalmente, se estivermos procurando um destino gay-friendly de primeira qualidade. Por estar em um país que propõe debates avançados sobre temas que ainda geram polêmica no resto do mundo como, por exemplo, o reconhecimento do casamento entre pessoas do mesmo sexo, ao qual, cabe ressaltar que o Canadá foi uma das nações pioneiras nessa atitude, seu povo se caracteriza pela diversidade e a tolerância. Sem dúvida, a forte comunidade gay distribuída por todos os bairros da cidade também contribuiu – e muito – para essa reputação invejável.

    Outro destaque de Montreal é o famoso bairro Le Village, conhecido como o epicentro da cena gay na cidade. Trata-se de um ambiente tão friendly, mas tão friendly, que até a estação de metrô, chamada de Beaudry, é decorada com as cores do arco-íris. Não espere encontrar no Le Village nada menos do que excelentes restaurantes, bares animados e uma comunidade ativa, acolhedora, ousada e vibrante. Ao visitar a cidade no verão, você também poderá conferir alguns eventos considerados referência para o mundo, como o Artfest (julho), a Parada Gay Divers/Citê (agosto), o Imagenation Film Festival (novembro) e o Black & Blue Festival (outubro), que reúne cerca de um milhão de pessoas. Outra boa notícia é que a cidade possui uma imensa variedade de pousadas gay por preços bem acessíveis.

    #4. Brighton – Inglaterra

    thumb3_berlin_celebrates_gay_pride_2009

    Para fechar a lista dos melhores destinos gay-friendly para seu intercâmbio, com vocês… Brighton! Talvez por sua associação de longa data com a cena teatral, a cidade, que fica à uma hora de trem de Londres, se encontra há mais de 100 anos na lista dos paraísos gays mundiais. E tal título não é à toa, sua comunidade LGBT conta com mais de 40 mil habitantes, o que representa cerca de um quarto de toda sua população. Segundo o Conselho de Brighton & Hove, a porcentagem de famílias homossexuais em Brighton é a maior do país. Dentre os destaques da vibrante cena gay da cidade está o bairro Kempton, onde tudo acontece em seus diversos bares, hotéis, cafés, livrarias e saunas! Por ser um balneário você também poderá curtir seus dias de verão em belas e cheias praias. Para os intercambistas mais ousados e que se cansarem de verem os ingleses altamente vestidos para qualquer padrão brasileiro, vale a pena andar mais um pouquinho pela marina e visitar a praia de nudismo que fica logo ali. Brighton conta ainda com um calendário de eventos diversos como o Brighton Pride, que completou 25 anos no ano passado, o Brighton Bear Weekend, o Brighton Marathon Weekend, o Foodies Festival, um dos principais eventos de gastronomia da Grã-Bretanha e o Brighton Festival, que em 2016 completa 50 anos de existência e representa o maior festival multi artístico da Inglaterra, incluindo programação de arte, dança, literatura, música e teatro. Perfeito para os intercambistas de perfil cool and hype!
    E então, o que você achou desses destinos? Difícil será escolher um só! Eu quero conhecer todos!

    Espero que tenham curtido, um beijo <3

     

    Você já ouviu falar de Katherine G. Johnson, Dorothy Vaughan e Mary Jackson? Provavelmente não, mas deveria. Essas três mulheres tiveram um papel muito importante em uma operação na NASA em 1962, mas essa história foi ignorada por muito tempo… Até agora.

    As matemáticas participaram da missão que levou John Glenn até a órbita da terra pela primeira vez na história, mas enfrentaram vários problemas, e tiveram que trabalhar mais ainda por serem mulheres, e negras.

    Hidden Figures

    Fonte: Portal Cinema

    Depois de ler o livro homônimo de Margot Lee Shetterly, Theodore Melfi decidiu fazer um filme sobre essa história, e finalmente trazer reconhecimento. Nos papéis dessas mulheres incríveis, as atrizes Taraji P. Henson, Octavia Spencer e Janelle estrelam o filme “Hidden Figures” (Figuras Escondidas, em tradução livre). O primeiro trailer do filme já saiu e está incrível, mas por enquanto não está disponível a legenda em português.

    O filme vai mostrar o auge da corrida espacial travada entre os Estados Unidos e a Rússia durante a Guerra Fria. Uma equipe de cientistas da NASA, formada especialmente por mulheres negras, provam ser o elemento crucial que faltava em uma equação para a vitória dos Estados Unidos, que acaba liderando uma das maiores operações tecnológicas registradas na história do país.

    Além dessas maravilhosas protagonistas, o filme ainda traz no elenco Kevin Costner, Kirsten Dunst e Jim Parsons, e com a trilha sonora por Pharrell Williams. “Hidden Figures” estreia em janeiro de 2017 nos Estados Unidos, mas aqui no Brasil só no dia 23 de fevereiro. Enquanto o filme não chega aqui, vale a pena pesquisar um pouco mais sobre essas três mulheres que já fizeram história.

    Até semana que vem!

    Olá, vocês! O top 5 dessa semana traz cinco coisas mais legais que encontrei dando uma olhada por aí.

    O primeiro item é uma saia suede na cor marrom! Esse tipo de saia virou super queridinha pelos seus botões frontais que nos anos setenta era muito popular, deixando qualquer look, em qualquer estilo, muito legal. Camisetas bordadas também viraram tendência de uns tempos pra cá, não só camisetas mas também calças. O bordado deixa um ar delicado na peça e ao mesmo tempo moderno. O modelo que selecionei foi da Boutique São Paulo, onde tem vários outros modelos lindos com vários bordados diferentes.

    Untitled-1

    1- Saia Suede – AMARO
    2- Camiseta Bordada – Boutique São Paulo
    3- Sandália metalizada – Santa Lolla
    4- Bolsa sacola dupla face – Estilo Menina
    5- Lightbox – StoreHouse Home Decor

    Outro item que está fazendo muito sucesso são as sandálias metalizadas com solado tratorado, várias marcas lançaram esse tipo de calçado. Então pra quem ficar interessado é só dar uma pesquisada por aí, mas a escolhida para o post foi a da Santa Lolla. Um outro iten, e um dos mais legais da lista, foi essa bolsa sacola dupla face, SIM! Você tem duas estampas lindas pra intercalar a hora que quiser, e mais, na loja Estilo Menina têm outros modelos fofos impossíveis de não se apaixonar.

    E pra finalizar, uma lightbox linda da StoreHouse, esse item é um ótimo objeto de decoração. Deixa seu espaço muito mais lindo e com carinha de Pinterest! Pra quem não sabe o que é, nada mais é do que uma caixa luminosa de ferro, com led interno e frente de acrílico com adesivos que formam uma frase ou as vezes uma palavra. Estilo letreiro de cinema ou lojinhas antigas, sabe!?
    Esse foi o top 5 coisas mais legais da semana, me conta qual seu item preferido! Até a próxima sexta :*

    Oii Pessoal!

    Eu já queria ter feito um post como esse há algum tempo atrás, mas nunca é tarde!

    Diariamente existem novas meninas se tornando au pairs, meninas que já são au pairs, e galera que tá sem ideia alguma de como utilizar o tempo para entreter as kids e diverti-las. Eu sei, já fui au pair e tem dia que você só queria um break enquanto elas fazem alguma atividade, ou você gostaria que elas não se sentissem tão entediadas com os mesmos jogos e brinquedos que elas já estão cansadas de brincar, né!? Pois bem, trouxe algumas fotos de Art Projetcs que eu fiz com a minha Host Kid enquanto eu era au pair e além deles, também criei um board no Pinterest para dar uma luz aí pra vocês!

    art-projects

    Eu adoraaava fazer esse tipo de atividade com ela, e a minha host também. É importante que a gente demonstre que estamos tentando dar o nosso melhor, e fazendo coisas diferentes além de assistir TV ou jogar algum jogo com as Kids. Meus hosts adoravam quando eu preparava cartões! Tinha cartão pra todo momento do ano: Natal, Páscoa, Thanksgiving, Dia do Pai, Mãe, Aniverários.. Ah, e minha Kid amava pintar pedras. Sim, buscávamos pedras no jardim e pintávamos com guache, hahaha

    E aqui, tem um Board que eu fiz com algumas ideias de Art Projects para fazer com as kids. Dá um Follow porque vou adicionar várias coisas por lá ainda =)

    CLICA AQUI.

    art-projects-pint

    Espero que tenham curtido as dicas! Além de todas essas aí acima, também vou deixar links de atividades e brincadeiras para fazer com as kids. Todas em inglês, é claro! Assim, você já vai treinando a língua! *Clique no nome de cada site para ir até a página.*

    1- Activity V illage

    2- Education

    3- Family Education

    Um beijo, amo vocês!