• Vídeo Novo

  • Voo após o voo, não importa onde eu me sente, tem sempre um neném chorando por perto. Nos voos longos então, quando a aeromoça desliga todas as luzes tarde da noite, e você pensa que todos irão ficar quietos e dormir, tem sempre um cara com a luz do assento ligada lendo um livro.

    Viajar é muito legal, mas ficar esmagadinho em uma classe econômica por 10 horas é foda viu. Mas o post de hoje não é só para reclamar, mas também pra compartilhar com vocês uma maneira que eu desenvolvi, depois de viajar tanto por aí, para dormir nos voos longos.

     

    ESCOLHA SEUS ASSENTOS COM CUIDADO

    Você acha que um assento na janela é uma boa idéia até ficar preso entre o assento do braço no assento ao seu lado e a parede rígida que o separa do ar congelado lá fora. Como a maioria dos vôos internacionais são durante a noite, você provavelmente não terá uma visão de nada, além da escuridão. Em vez disso, escolha um assento do corredor, assim você pode esticar a perna para o corredor, ou então sair a hora que quiser para ir ao banheiro. Sem ter que acordar alguém.

    Melhor ainda, todo mundo procura pela janela, e as cadeiras do meio são sempre deixadas de lado. Escolhendo um dos assentos do trio de assentos do meio do avião, você corre o perfeito risco de ninguém sentar ao seu lado. Ah, e tente deixar tudo no compartimento de cima, para ter mais espaço para sua perna e pés. Mais espaço, mais chances de dormir!

    VISTA-SE CONFORTAVELMENTE

    Calça de Moletom, legging, tênis confortável e um casaco fofinho.  Pense em tecidos elásticos, malhas de algodão e peças quentinhas (aqueles cobertores finos que eles dão no voo não ajudam muito e o ar condicionado está sempre no talo). Se você usar lentes de contato, não esqueça de tirá-las antes do cochilo, ou opte por óculos durante a viagem.

    MANTENHA-SE NA ROTINA

    Se você costuma dormir às 10 da noite, não fique acordado até as 3 da manhã assistindo filmes no voo. No entanto, se você estiver atravessando grandes fusos horários, tente se ajustar o mais rápido possível para evitar o famoso jet lag. Nesse caso, considere ficar acordado até que seja um momento aceitável para as pessoas do seu país ir dormir.

    As mesmas regras se aplicam ao sono de todos os dias. Fique longe do açúcar, cafeína e luzes de telas de gadgets antes de tentar dormir durante o voo.  Se quiser mais tempo de descanso, considere pedir uma refeição especial quando reservar o seu voo (mesmo que não seja vegetariano). Estes são entregues antes do resto dos alimentos, para que você possa comer rapidamente e voltar a dormir mais cedo.

    CRIE UMA ESCURIDÃO SILENCIOSA

    Você ainda não tem um fone maravilhoso que abafa todo ruído externo? Bem, você deveria considerar investir em um. Além disso, se eu fosse você também baixaria um álbum, ou uma playlist calma no Spotify, usaria uma máscara de dormir e o travesseiro de pescoço para aumentar o conforto. Se sobrar mantas dos assentos ao lado, faça um casulo e bons sonhos!

    PS: Lembre-se de avisar o passageiro ao lado que você quer, ou não quer, ser acordado para as refeições.

     

    Você luta para dormir em vôos? O que você achou que funciona para você? Me conta nos comentários!

    Um beijo <3

    Oie Pessoal! Tudo bem com vocês? Mais uma receita vegan especial aqui no blog.

    Em breve eu embarco para o meu segundo intercâmbio e estava pensando nos lanchinhos que eu poderia levar para o voo.. pensei “por que não um bolinho de forno para dar uma sustância boa e ainda assim, ser super delicioso e saudável“? Então confere abaixo a receita completa, e lembrando que: Você pode congelar os bolinhos e ir comendo aos poucos.. essa receita abaixo rende 25 bolinhos pequenos.

    Ótima opção de lanche, snacks, acompanhamento da marmita do almoço, e mais!

    INGREDIENTES:

    1 Xícara de Lentilha cozida
    1 Cenoura grande
    1 Cebola
    1 Dente de Alho inteiro
    1 Xícara de farelo de aveia
    Coentro a gosto
    Sal a Gosto

    Modo de Preparo

    É muito fácil, confia em mim! Em um processador, liquidificador ou mixer, adicione a lentilha com a cenoura e bata até obter uma pasta. Adicione a cebola, o alho e os temperos (sal e coentro) e continue batendo até tudo ficar homogêneo. Leve a mistura para um bowl maior e vá adicionando o farelo da aveia aos poucos. Eu usei quase uma xícara de farelo de aveia, mas você pode ir adicionando ela conforme o seu gosto, o segredo é ter uma massa encorporada e fácil de modelar na mão.  Faça bolinhas de massa e coloque-as em uma assadeira untada com azeite. Leve ao forno pré-aquecido à 180 graus por pelo menos 30 minutos. Os últimos 5 minutos servem para dourar a parte de cima do bolinho, então mude o forno para o modo “dourar” e deguste como quiser!

    Os bolinhos vão muito bem acompanhados de molhos especiais, com uma saladinha verde ou então, como snack!

    Espero que tenha curtido essa receita, teste aí na sua casa e depois me conta o que achou.

    Não esquece de me mandar a foto da sua receita no instagram do Cabide Fit: @cabide.fit e caso você poste a foto, use a hashtag #cabideFIT.

    Um beijo, até a próxima!

     

    Não importa se você é fitness, gosta de besteira, é light ou vegano. O hambúrguer é uma das opções de alimentos favoritas no cardápio de muita gente. E, temos boas notícias, porque não existem apenas hambúrgueres calóricos e inimigos da dieta. Existem também opções mais saudáveis. Pensando nisso o Seven List separou 7 dicas para fazer um bom hambúrguer vegano.

    Quem acompanha tudo aqui no Cabide Colorido sabe que a Mi é vegana. E ela está sempre trazendo receitas super gostosas, nesse universo. Inclusive uma de hambúrguer maravilhosa que você pode conferir aqui. Pensando nisso preparamos uma lista especial para você não fazer feio nessa receita. Confira abaixo:

    O que achou da lista? Você gosta de hambúrguer vegano ou já pensou em experimentá-lo? Queremos muito saber sua opinião, deixe seu comentário.

    E já que estamos falando de comida boa e de receitas ótimas… Que tal você curtir uma lista que fala sobre comer bem sem extremismo, confira:  7 dicas para ter uma alimentação saudável sem extremismo.

    Não se esqueça: estamos aqui no Cabide Colorido todas as terças-feiras trazendo infográficos super legais com conteúdos bem bacanas. E para você não perder nenhuma novidade não se esqueça de seguir o Cabide Colorido nas redes sociais e claro, aproveite também para conhecer mais sobre o Seven List. Terça que vem estamos de volta!

    Sabe quando a gente escuta alguma música e de repente você é teletransportado para o lugar onde você costumava ouvir, e as vezes consegue até sentir cheiros? Eu tenho muito disso. Músicas me fazem reviver o momento exato.
    Aqui na Holanda eu descobri muitas músicas e com certeza quando eu ouvi-las daqui há alguns anos, todas as memórias vão voltar à tona e será muito bom. Para que eu nunca me esqueça delas, e para que vocês possam imaginar a minha vibe, listei algumas abaixo.

    As principais músicas do meu ano foram:

     Originality feat. Sister Nancy – Thievery Corporation

    Essa música me traz muitas good vibes. Ouvi ela no Kings Day, um feriado famoso aqui na Holanda e que eu já falei mais sobre ele neste post aqui. Nesse dia eu fui com algumas amigas em um Pub de Reggae, e tocaram muitas músicas legais. Na hora que tocou essa eu usei o aplicativo Shazam para achar o nome e o cantor e ta aí na minha playlist até hoje.
    Bullet and a Target – Rhymefest

    Essa música é uma regravação em forma de hip hop da música “Bullet and a Target – Citizen Cope” e essa música na versão original é muito legal também, eu ouvia quando era menor e tinha esquecido completamente. Um dia eu estava passando aspirador na casa dos meus hosts com os fones de ouvidos em uma playlist de Hip Hop e começou a tocar, e foi bom porque além da nostalgia que eu senti por já ter ouvido essa música antigamente, agora ela virou trilha sonora da minha vida aqui. Eu já escutei ela pulando na cama elástica também e meus vizinhos me odeiam por isso.
    Deadcrush – Alt-J

    Pode entrar, melhor música do Alt-J! O novo álbum deles chamado “Relaxer” foi liberado quando eu já estava aqui, e todas as músicas sempre vão me lembrar dessa experiência na Holanda, mas Deadcrush é a preferida e eu já cansei de dançar ela só de calcinha pelo meu quarto. Tentem!
    A Praga – Haikaiss
     
    Essa foi a música que me introduziu para o mundo do Rap, onde hoje eu vivo. Estava assistindo um video de um youtuber que eu gosto muito e no final dos vídeos dele ele sempre coloca alguma música muito boa, e essa é uma delas. Fiquei uma semana ouvindo ela sem parar.
    Bad Karma – Alex Thesleff

    No mesmo dia em que descobri a música “A Praga” também descobri Bad Karma. Era julho, eu estava de férias e tinham 3 amigas na minha casa e nós ouvimos 827 mil vezes e todo mundo viciou.
    Caroline – Aminé

    Por último: “oh my god, she is my baby, Caroline“! Amanda me mostrou essa música e foi impossível parar de ouvir, tem um ritmo muito gostoso, escuto sempre!
    Eu me perdi na minha playlist tentando achar as mais marcantes. Tem tantas. Assim como tem várias músicas que me lembram o intercâmbio nos Estados Unidos também e até mesmo minha época de Brasil. A música é a melhor máquina do tempo que eu conheço!
    Um beijo e tchau! ❤️

    Nem tudo que é de papel é só papel em branco. Ainda bem muitos de nós, inclusive lojas fofas sabem disso e aproveitam para criar produtos incrivelmente fofos para nós, os amantes de papelaria. No top 5 de hoje, eu trouxe itens decorativos que levam o papel como principal matéria-prima, desde poster, post it até adesivo lindinho. Bora conferir tudo!

    1- Banner de letras de papel – Loja Pequenas Causas
    2- Adesivo Holográfico – Imaginarium
    3- Bloquinho Magnético – Meg E Meg
    4- Poster Tsuru – Colab55
    5- Post It Mr. Cat – La Papeterie

    Devo confessar que o banner de letras de papel (número 1) e o poster (número 4) tem um lugar especial no meu coração, assim como a cartela de adesivos holográficos (número 2) e os post it (número 5) mais lindos que você respeita com estampa de gatinho. Ok, talvez o top 5 de hoje esteja difícil de escolher só um!

    Um sonho seria colocar todos em uma cestinha e já levar para casa. O que vocês acharam dessas fofuras? Me conta nos comentários.