Especial Valentine’s Day: Red Velvet!

Ahhhhh o amor…

Como todos sabem aqui no Brasil nós comemoramos o “Dia dos Namorados” só lá no dia 12 de junho, mas no resto do mundo o “Dia Internacional do Amor” é comemorado no dia 14 de fevereiro, ou seja, amanhã!

Amanhã é o dia em que casais apaixonados trocarão cartões, beijos e juras eternas de amor, o dia em que os amigos mandarão mensagens e farão surpresas para arrancar o sorriso de quem se gosta. Porque o dia de São Valentim – conhecido por ser um santo devoto ao amor – é isso: a celebração amorosa entre casais e também aos amores não românticos, como os amigos, por exemplo!

E nós, aqui do Cabide Colorido, já estamos em clima de Valentine’s Day. A receita escolhida para esta data, não poderia ser nada mais, nada menos do que os Red Velvet, (também conhecidos como os cupcakes da massa vermelha, que muita gente ama, mas não sabe como fazer). E acreditem, eles são de tirar suspiros e despertar o desejo de “quero mais”. Hmmm

tumblr_m89juio16m1r4i14no1_500

Ingredientes:
1 xícara e 1/2 de açúcar cristal
1 xícara e 3/4 de trigo
1 xícara de cacau em pó
1 pitada de sal
1/2 colher (chá) de fermento em pó
2 ovos
200 gr de manteiga (sem sal)
100 ml de água
150 gr de iogurte natural
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
2 colheres (sopa) de vinagre
1 colher (sopa) de extrato de baunilha
*Corante vermelho a gosto*

Como fazer:
Comece peneirando a farinha de trigo, o açúcar, o cacau, o sal e o fermento. Em seguida, misture o corante com o iogurte. Enquanto isso, derreta a manteiga com a água. Assim que estiver pronto, misture o iogurte, os ovos, a manteiga com a água e a baunilha, junto com os ingredientes secos e mexa até formar uma massa homogênea. Aos poucos, adicione o vinagre e o bicarbonato de sódio. Feito isso, basta preencher as forminhas e levar para assar, por mais ou menos, 30 minutinhos. Retire do forno e delicie-se!

Ps.: Vale lembrar que essa receita originou-se lá na Segunda Guerra Mundial, onde era feita com cacau e beterraba. Tudo isso, para chegar a tonalidade certa de vermelho. Ou seja, quem inventou o corante, merece um beijo na bochecha e um Feliz Dia de São Valentim recheado de muito amor e muitos cupcakes, não é verdade? Hihi

Comments

comments