Esporte de “menininha” uma ova!

Espera, calma aí, não tem nada a ver com menininha, e sim com mulheres guerreiras no esporte.

O esporte sempre teve aquela definição – inútil – de “esporte de menino ou esporte de menina”. Futebol – o mais conhecido por essa definição – durante muito tempo foi intitulado como esporte de menino.

Vocês sabiam que só em 2012 as olimpíadas puderam ter os dois gêneros em todos os esportes? Antes disso eram só algumas modalidades! Trouxe aqui algumas mulheres que fazem ESPORTES DE MENINA!, insuperáveis em suas áreas.

1 – FUTEBOL

MONTREAL, QC - JUNE 09: Marta of Brazil scores her penalty goal during the FIFA Women's World Cup 2015 group E match between Brazil and Korea Republic at Olympic Stadium on June 9, 2015 in Montreal, Canada (Photo by Stuart Franklin - FIFA/FIFA via Getty Images)

Preciso começar com ela, a brasileira futebolista mais conhecida. Marta Vieira da Silva Viega, nossa Marta. Você não sabe, aposto! Mas a Marta já foi escolhida como melhor futebolista do mundo por cinco vezes consecutivas, um recorde entre mulheres e homens. Ela também se tornou em 2015 a Maior Artilheira da História da Seleção Brasileira (incluindo a Masculina [sim!!!!!] e a Feminina). Marta é comparada a Pelé por suas habilidades com a bola. É a primeira mulher deixou as marcas dos pés na calçada da fama do Maracanã.

2 – SKATE

karen

Eu tenho uma irmã de 7 anos, Rafaela, que pediu e ganhou um skate de natal do Papai Noel. Na busca pelo capacete, das 5 lojas que eu entrei, as 5 me perguntaram que idade o meu irmão tinha. E quando eu falava que era irmã, ficavam surpresos, mesmo com todo o êxito da brasileira Karen Jonz. Karen é uma skatista brasileira, santista de nascimento, tetra-campeã mundial. Começou a praticar skate com 17 anos, o que para muitos era considerada “velha” para o esporte. Foi pioneira no esporte, e conquistou o primeiro ouro brasileiro feminino nos X Games! Foi também a primeira campeã brasileira da história em 2012 e bicampeã Mundial na categoria. No início, ela competia junto com os homens, onde foi vice-campeã! É considerada uma das melhores skatistas do skate feminino de hoje em dia.

3 – SURF

surfistas

Gosto desta onda. O Surf está na minha listinha de esportes que eu quero aprender antes dos 30. Cadê minha casinha na praia?

A gente ouve Medina daqui, Medina de lá, mas e as meninas? Silvana Lima já foi oito vezes a melhor no Brasil. E duas vezes vice-campeã mundial! Também temos a Maya Gabeira, conhecida no mundo como a melhor surfista de ondas grandes, ela já foi pentacampeã do Billabong XXL Awards.

4 – LUTAS

lutadoras
Aqui o “bicho pega”. Temos Cláudia Gadelha, lutadora brasileira de artes marciais mistas; em sua estreia no MMA venceu por finalização em 17 segundos. Gadelha venceu também suas seis lutas seguintes e se manteve invicta com o recorde de 7-0. E a Bethe Correia também conhecida como “Bethe Pitbull“, é uma lutadora de MMA brasileira. Lembram dela lutando com a Ronda? Bethe esteve invicta em nove lutas de MMA na carreira, onde venceu as veteranas Julie Kedzie, Jessamyn Duke e Shayna Baszler. A sequência de vitórias foi quebrada após o confronto com Ronda Rousey, em agosto de 2015. Elas, entre tantas outras nas mais diversas modalidades de luta!
Mas a verdadeira luta é pela igualdade de gênero. Ela está no início, mas saber que temos tantas mulheres lutando pelo seu espaço seja no mercado, nas profissões, e nos esportes, já faz com que tenhamos orgulho de nós.
Todo mundo saber que as Olimpíadas de 2016 é das mulheres, né!? Você pratica algum desses esportes? Ou outro? Se sim, conta aqui pra gente!

 

  • Esse post foi escrito pela nova colaboradora Manu Fernandes que toda quinta-feira irá trazer assuntos sobre cotidiano, esportes, cultura e mais!

Comments

comments