Brasil Tá Gigante, Grande Como Nunca Se Viu

Hoje não dá pra escrever sobre moda, hoje não dá pra se acomodar diante da situação que estamos vivendo. E sinceramente, não gostaria de misturar as coisas aqui no blog, mas diante da situação que presenciei, vou deixar minha opinião aqui registrada.

Ontem, voltando da faculdade, depois de mais um dia, estava sentada no banco, esperando meu ônibus passar. Ele demorou pra chegar, mas até aí tudo bem. Até que um ônibus parou, e dele, saiu um idoso. Ou melhor, tentou sair. Uma de suas pernas era amputada e adivinha: sim, o ônibus não tinha se quer, uma saída, uma escada adaptada para ele descer. Vi nos olhos dele, a humilhação ao tentar sair sozinho. Ele teve que se abaixar, teve que sujar sua roupa para tentar sair daquela porcaria.

Sim, ajudaram o homem até que ele conseguiu pisar firme no chão da calçada. Mas sinceramente, antes de qualquer ajuda, ele merecia um transporte público adaptado. Ele é um cidadão, paga seus impostos assim como eu, assim como você, assim como todo mundo que vê sua renda indo para o espaço, por pagar contas e mais contas à cada começo de mês.

Não são 0,20 centavos. É essa porcaria desse estatuto do nascituro, é a PEC 37, são os roubos, os desvios de verbas públicas, são as bolsas que tapam furo de uma educação precária, são hospitais lotados, são os políticos corruptos que gargalham da nossa cara, gastando horrores enquanto trabalhamos para pagar impostos e mais impostos.

Depois de tantas fotos dos protestos de ontem, que aconteceram em vários cantos do Brasil, mais do que nunca, afirmo: tenho orgulho de fazer parte dessa geração. Orgulho de tentar mudar o meu país. Quem manda aqui somos nós, não o senado. Não podemos inverter os papéis. Isso é só o início de uma grande revolução. Se temos dinheiro para estádios e para sediar uma Copa do Mundo, temos dinheiro também para a saúde, e principalmente para a educação.

Rio de Janeiro – RJ
rio de janeiro

Brasília – DF
BRASILIA1012732_140100836185089_284008279_n

Depois de chorar, depois de ficar arrepiada e com o coração na mão, termino esse post divulgando o evento da Passeata que teremos em Blumenau na próxima quinta-feira 20/06: www.facebook.com/events/passeatablumenau.

A alienação não pode tomar conta desse país. Chegou a hora de mudar, faça sua parte. Não importa a classe social, não importa se você não pega ônibus todo santo dia e tem um plano de saúde legal. Somos um só povo, somos todos brasileiros, somos uma só nação.

Comments

comments

1 Comment

  1. Bruuna
    19 jun 2013 / 13:19

    É isso ai, #vemprarua!