Sobre a Distância…

Fiquei em dúvida no momento de nomear este post… Seria melhor “sobre a distância” ou “sobre a saudade”? Na verdade, eu nem sei definir o sentimento que tenho para poder nomeá-lo. Talvez porque sua nomenclatura ainda não exista ou outro motivo qualquer que o destino resolveu aprontar.

Deixar o ninho, admito, já é um passo grande demais. Morar longe de casa então, ainda maior. Mas, foi minha escolha e a de tantos outros garotos e garotas com quem acabei esbarrando por aqui. Alguns gostam, alguns desgostam e muitos apenas convivem com esta eterna sensação. E preenchemos nossas cabeças com a sentença de que fomos nós quem fizemos esta escolha e um dia será recompensada. Já está sendo na verdade! A lição de vida que aprendemos a cada dia, diante de nossa própria independência, é imensamente encantadora.

alone

Mas, aí chega o problema. A famosa citação de sentir-se sozinho no entorno de uma multidão acontece tão frequentemente que chega a doer lá dentro. O segredo é não parar nenhum minuto que for! Ter planos com os mais diversos amigos, conhecer lugares diferentes, ler um bom livro no parque e caminhar por ruas desconhecidas sem ter um destino certeiro. Aventurar-se! É assim que vai indo, é assim que tem que ser e tudo ficará bem no amanhecer do dia seguinte.

Desdobrado o espaço, faz-se a distância. Não importam metros, quilômetros. É saudade que se conta nas entrelinhas.” Nara Vieira

Texto escrito por Cristiane Sasse.

Comments

comments

2 Comments

  1. Yuri César
    29 mar 2015 / 00:15

    Essa Cris se garante com os textos ein xD
    Muito dahora o texto e me fez refletir…