Após conhecer um dos lugares mais lindos da minha vida, o Buraco do Padre, decidimos ir fazer a trilha da Fenda da Freira. Inicialmente eu tinha ficado um pouco apreensiva se eu aguentaria a trilha pois tenho um problema na coluna, que não posso forçar muito, mas após uma amiga voltar dessa trilha e me assegurar que seria tranquilo, colocamos a mochila com água nas costas e partimos.

A trilha para a Fenda é mais complicada do que a do Buraco do Padre, ela é um pouco ingrime, e no dia estava muito quente, então foi um sufoquinho subir. Mas engatamos a primeira e fomos, sem parar. Sou da premissa que se parar, vai empacar! hahaha

Trilha para a Fenda da Freira

Até a Fenda dura uns 30 minutos, e com lugares lindos pelo caminho. Em um momento você consegue ver uma imensidão de natureza a sua volta, em outra você vê uma pedra gigantesca no caminho e quase chegando, você ainda da uma de Tarzan e desce por cipós. Ok, mentira. Você desce devido a raízes presas no chão, mas é bem seguro, parece até que foi feito para auxiliar a descida.

E quando você finalmente chega, você fica sem palavras. Você fica entre dois paredões gigantescos se sentindo pequeninho! Dentro da Fenda é bem frio, mesmo com um dia muito quente, lá embaixo estava gelado. E um silêncio único. Você caminha em meio aqueles paredões, com o chão de areia, e fica deslumbrado com a natureza.

Fenda da Freira

Após esse dia, fomos em busca de um acampamento para pernoitar. Escolhemos um próximo ao lugar que visitaríamos no dia seguinte! Então armamos o acampamento, assistimos um por do sol maravilhoso, acendemos nosso fogo e jantamos. Depois do jantar fomos dormir, afinal, estávamos todos muito cansados.

Na semana que vem contarei como foi o segundo dia em Ponta Grossa, mas por hoje é isso!

Foi a primeira vez que eu acampei fora do estado. Também foi a primeira vez que eu acampei no frio, mas isso eu conto mais pra frente. A única cidade que eu conhecia do Paraná era Curitiba, passei três dias lá esse ano (vem ver o que eu fiz por lá clicando aqui) e era só isso. Mas aí, uma grande amiga chamada Bell me convidou para desbravar Ponta Grossa, e eu pensei “por que não?“. O combinado era sair as 3:00, sim, madrugamos e fomos muito pontuais. Exatamente 3:00 estávamos a caminho da famigerada, da desconhecida, da incrível: Ponta Grossa.

Bell e Adri, companheiras dessa aventura

De Blumenau até lá são longas seis horas, mas que passadas em boa companhia se transformam em ~quase~ minutos e as 9:00 já estávamos chegando na cidade, a estrada até lá é muito bonita.

Fomos direto para o buraco do padre, ele faz parte do Parque Nacional dos Campos Gerais (que descobri que é gigante!). Para entrar no Parque o ingresso é R$16 e esse ingresso te da direito de passar o dia inteiro lá, ele tem uma infraestrutura muito boa.

Nós fomos com um grupo que faz trilhas, o Anunnaki Trilhando, e eles contrataram um guia para mostrar tudo o que o parque tinha para oferecer, todas as trilhas etc, o grupo não é uma empresa. Eles são amantes da natureza e curtem desfruta-la com consciência e atentos a sua preservação.

Grupo Anunnaki Trilhando

Apesar de irmos com esses grandes aventureiros, eu e o Bruno optamos por não fazer as trilhas porque eu tenho um problema nas costas e tenho medo de fazer grandes esforços, então eles seguiram “viagem” e nós ficamos na entrada do parque. Na entrada do parque você encontra um super gramado, banquinhos e banheiros. Também existe uma lanchonete e quiosques para churrascos.

Como a nossa última refeição tinha sido de madrugada, estendemos a toalha e fizemos um picnic. Levamos de casa sanduíches prontos, chá, frutas e amendoim. Após recarregar as energias fomos em busca do Buraco do Padre (o legítimo!), o buraco foi batizado assim por causa dos padres jesuítas que utilizavam o local para meditar. Lá existe uma cascata de 30 metros de altura, que desce em um buraco.

Para chegar lá, você pega 1km de trilha, bem tranquila, bem guiada. Essa trilha passou por uma reforma recentemente e hoje o acesso também é feito para cadeirantes.

Trilha para o Buraco do Padre

Mini cachoeira no meio da trilha

Após 20 minutos de trilha, a surpresa.

Eu havia visto fotos antes de ir, mas a sensação de estar lá é indescritível. Acredito que morar na cidade faz a gente esquecer de como a natureza é perfeita, de como ela é imensa e de como ela é única. Conforme eu fui entrando na caverna, meu coração foi acelerando e a emoção tomou conta. Eu tenho 1.85 mas naquele momento me senti pequeninha. Era eu, o barulho da água caindo e os pássaros em um lindo canto. Fechei os olhos, e agradeci. Sério. As fotos não conseguem mostrar 20% do que é aquilo.

Depois de contemplar a natureza, fomos conhecer a Fenda da Freira. Mas isso conto semana que vem! Alguém já foi para lá?

Já estamos a caminho do final do ano, o que significa que as férias estão super perto. Que tal convidar seus amigos para um acampamento? Não precisa nem ser em um camping tradicional com aquelas bugigangas que a família toda leva, vocês podem acampar de um jeito diferente e que ainda sim, vai ser incrível. Quer ver? Hoje eu trouxe cinco itens para quem quer acampar, bora conferir!

1- Marmita redonda – Uatt
2- Bolsa térmica – Dafiti
3- Sofá inflável – Extra
4- Churrasqueira portátil – Imaginarium
5- Caneca mosquetão – Uatt

Vamos começar pelas utilidades como a churrasqueira portátil (número 4) que vai ajudar nas comidas diárias e a bolsa térmica (número 2) que vai preservar os alimentos e bebidas que vocês levarem. A marmita (número 1) e a caneca (número 5) são complementos para se caso forem fazer uma trilha ou até mesmo comer e beber na barraca. E por último mas não menos importante, um incrível sofá inflável (número 3) que vai fazer seus dias mais confortáveis.

E aí, o que acharam dos itens escolhidos? Me contem nos comentários se vocês costumam acampar.

Se tem uma coisa que eu adoro é acampar, sério. Vocês já acamparam? É barato, engraçado e sempre gera muitas histórias. Fazem 3 anos que acampo todos os anos no carnaval, na mesma praia, no mesmo camping. E sempre é uma história nova, um perrengue novo.

No primeiro ano a gente foi com a cara e com a coragem, nem lona a gente levou! E a gente teve muita sorte porque não choveu, foram 4 dias de sol. <3  Já no segundo ano que eu fui, choveu, muito, muito mesmo! Levamos 2 horas para montar as lonas, mas no final deu tudo certo, até uma saída de água fizemos! No terceiro ano estávamos preparados para uma tempestade e o sol apareceu todos os dias, ufa!

Saber organizar o porta mala é essencial! Tudo encaixadinho vai que vai!

Saber organizar o porta mala é essencial! Tudo encaixadinho vai que vai!

Isso foi para dizer que:  o segredo de acampar, é PLANEJAR. Porque quando a gente acampa, temos que levar tudo e mais um pouco. Então as dicas do dia são: primeiro você deve marcar uma reunião com quem vai com você, para decidirem tudo o que terão que comprar e levar. As compras do mercado é sempre bom comprar antes de ir, normalmente quando você vai nas férias, a cidade que você acampa será mais cara, principalmente se for praia!

Olha as barraquinhas aí! <3

Olha as barraquinhas aí! <3

Para os marinheiros de primeira viagem, aconselho fazer um bate-volta para conhecer onde irão acampar, para conhecer o espaço, planejar, e ver tudo o que o camping oferece, e principalmente: NÃO PODE TER FRESCURITE. Gente, vocês vão acampar, então frescurite não dá. Vai ter perrengue, vai ter coisa dando errado, vai ter algum item que você esqueceu, não vai ter o conforto da nossa casa, e muito menos todos os utensílios que precisamos. Então vai de bom humor e curta cada momento.

A Mi no ano passado fez um post muito legal sobre o que levar para um camping (se você não viu, clique aqui). Ela acampou no intercambio dela, e fez algumas listinhas do que tem que levar. Lá era frio, e aqui é calor. Então, alguns itens são diferentes, então pra facilitar a vida pra vocês, peguei a lista da Mi e dei uma modificada!

Isso aí não é nem a metade das coisas que eu levo!!! Mas vale a pena uhuu

Isso aí não é nem a metade das coisas que eu levo!!! Mas vale a pena uhuu

CAMPING LIST

– Repelente
– Água potável (1L por dia para 2 pessoas)
– Gelo (muito gelo)
– Lanternas (é bom cada um ter a sua) ou Rabicho
– Cooler (para colocar gelo e algumas comidinhas)
– Copos, prato e talheres plásticos
– Esponja e detergente (vai ficar tudo sujo e você precisará limpar)
– Paper toalha
– Papel higiênico (porque não, não tem banheiro )
– Barraca (as)
– Colchão de ar
– Faca grande (nunca se sabe o que vai precisar cortar, ou enfrentar rs)
– Tesoura (para saquinhos plásticos, cortar cordinhas, etc)
– Sabonete / Shampoo
– Martelo (prender pés da barraca, ou qualquer outra situação que precisar disso)
– Pilhas (ninguém merece ficar sem luz na lanterna por falta de pilha)
– Lenço umidecido (acredite, você vai precisar)
– Remédios básicos (tilenol, neusa…) e primeiros socorros (esparadrapo, bandaid, merthiolate..)
– Espátula e Colher
– Kit de panela (Aqui no Brasil, normalmente os campings tem pelo menos 1 fogão, então você poderá cozinhar)
– Isqueiro e fósforo
– Abridor de lata / vinho <3
– Sacos para lixo
– Baralho (pra passar o tempo e se divertir)
– Frescobol
– Se alguém tiver aqueles carrinhos de praia, na hora de ir à praia vai ajudar!
– Cadeira de praia
– Guarda sol
– Lonas!!!! e corda (sério, pancadas de chuva no verão estão sempre presentes)
– Pano de prato
– Toalha de praia
– Protetor solar
– Boné
– Comidas
– Extensão, adaptadores e T (você precisará, pode ter certeza)

Bora acampar?

No último final de semana eu fui acampar com minhas amigas aqui no Colorado mesmo (exatamente há 1 hora de Denver, na cidade de Montezuma) e foi muuito divertido! Postei tudo no snapchat e instagram (mialvess e @cabidecolorido).

Minhas amigas sempre falam que amam sair comigo, fazer trips e etc, porque eu sou a louca da lista. Amo organizar tudo, marcar horários, lista do que precisa ser levado… Pensando em ajudar vocês também, que estão aí no Brasil ou em algum outro lugar do mundo e queiram acampar, trouxe a nossa lista, informações e fotos do acampamento =)

O primeiro passo para quem está afim de acampar é ter em mente de que acampamento não é um hotel, não é a coisa mais confortável do mundo, mas acredite, é imensamente divertido. Você pode acampar em campgrounds, onde pessoas levam barracas, usam banheiros públicos do local, alguns até possuem energia e cozinha comunitária, ou então, você pode alugar um trailer. Bom, talvez não. Alugar um trailer exige muito preparo, boa direção e uma grana!

O que escolhemos não foi nem um nem outro, queríamos era nos aventurar e acampar na floresta. Mas como ? E os ursos, veados, alces ? Foda-se, queríamos uma história para contar. Uma pena que não vimos nenhum desses animais, mas achar um lugar no meio da floresta foi incrível.

Processed with VSCOcam with e5 preset

O lado bom de acampar em um lugar no meio da floresta é que você não precisa pagar, e provavelmente outras pessoas já acamparam lá então sempre tem uma marca de fogueira no chão, o que ajuda muito!

Segunda coisa que você precisa decidir é o tempo que vai ficar acampando e separar as coisas que cada pessoa deve levar. A nossa lista foi mais ou menos essa:

CAMPING LIST

– Repelente
– Garrafinha de água para hiking
– Água potável (1L por dia para 2 pessoas)
– Gelo (muito gelo)
– Lanternas ( é bom cada um ter a sua)
– Cooler (para colocar gelo e algumas comidinhas)
– Copos, prato e talheres plásticos
– Esponja e detergente (vai ficar tudo sujo e você precisará limpar)
– Paper toalha
– Papel higienico (porque não, não tem banheiro )
– Barraca (as)
– Sacos de dormir (melhor coisa para noites mais frias)
– Faca grande (nunca se sabe o que vai precisar cortar, ou enfrentar rs)
– Tesoura (para saquinhos plásticos, cortar cordinhas, etc)
– Sabonete / Shampoo
– Martelo (prender pés da barraca, ou qualquer outra situação que precisar disso)
– Pilhas (ninguém merece ficar sem luz na lanterna por falta de pilha)
– Lenço umidecido (acredite, você vai precisar)
– Remédios básicos (tilenol, neusa…) e primeiros socorros (esparadrapo, bandaid, merthiolate..)
– Espátula e Colher (caso cozinhe alguma coisa)
– Kit de panela + fogareiro (tem foto no post )
– Isqueiro e fósforo
– Madeira própria para fogueira
– Abridor de lata / vinho  (uhuuuull)
– Sacos para lixo (não deixa nada sujo, hein..)
– Baralho (pra passar o tempo e se divertir)

IMG_2093 IMG_2145 IMG_2287 IMG_2324

Além disso você também pode levar:

Ler Mais