• Vídeo Novo

  • Venho enaltecer esse filme maravilhoso que eu vi no cinema sábado, dia 29/07.

    Cheguei lá no cinema sem nem saber da existência desse filme, abrimos o aplicativo filmow e começamos a ver a pontuação e os comentários dos filmes que estavam em cartaz. Entre Homem Aranha, Piratas do Caribe, o novo filme do Christopher Nolan, Dunkirk (que eu sei que é muito bom também) e Baby Driver, em disparada Baby Driver ganhou! E realmente, não decepcionou. Não sei nem por onde começar, mas vamos lá.

    No Brasil o nome do filme é Em Ritmo de Fuga. Ficou com cara de filme de Tela Quente, né? Baby (Ansel Elgort) tem uma mania curiosa: precisa ouvir músicas o tempo todo para silenciar o zumbido que perturba seus ouvidos desde um acidente na infância. Excelente motorista, ele é o piloto de fuga oficial dos assaltos de Doc (Kevin Spacey), mas não vê a hora de deixar o cargo, principalmente depois que se vê apaixonado pela garçonete Debora (Lily James).

    E esse elenco? Fora nomes como Jamie Foxx, que fez Django Unchained e Jon Hamm, que fez vários filmes ótimos também + Ansel + Kevin + Lily e temos o filme perfeito. O diretor, Edgar Wright, que também trabalhou no filme Scott Pilgrim VS. The World, tem um estilo muito próprio e inovador. É como assistir os vídeos de grandes Filmmakers, mas no formato para cinema.

    As transições são muito boas, eu fiquei de boca aberta o filme inteiro. Como o protagonista precisa ouvir música praticamente o tempo todo, temos um filme rico em trilha sonora. Desde a primeira cena a gente já vê como vai ser a vibe. E as cenas se encaixam com a música, dando a impressão que o filme está dançando, cada take exatamente na parte da música que deveria estar. É impecável. Ao desenrolar do filme vamos descobrindo mais sobre Baby, de um jeito natural e inteligente. O filme também faz referência com Taxi Driver, e eu amo referências, fica explícito para todos em quem o diretor se inspirou.

    Para ser sincera eu não gosto muito de filmes de ação, eu nunca vejo. E principalmente filme com carro. Fast and Furious? tô fora! Pego minha bike e vou embora. Mas com Baby Driver foi diferente, as cenas foram tão bem feitas e elaboradas, não parecem forçadas e me deixou tensa todas as vezes. Quase comi meus dedos.

    Na minha opinião Baby Driver é o filme do ano! Pode vir, Oscar!

    Assistam, por favor! E depois me contem.
    Um beijo e tchau!