• Vídeo Novo

  • Eu nunca tive vontade de ir para lá. Nunca pesquisei, nem li, nem vi. Estava muito mais preocupada olhando sobre outros lugares, que eu nunca me lembrei de Praga. Talvez por isso eu me surpreendi tanto.

    Tínhamos pouco dinheiro então escolhemos Praga já que é um lugar perto da Holanda e relativamente barato. A moeda deles não é o euro, então nós tivemos essa vantagem, porém não foi tão barato assim.

    Saímos da Holanda na terça-feira (11/07) às 21:30, numa viagem de ônibus que durou 13 horas. Foi muito cansativo porque eu não consigo dormir em nenhum meio de transporte, mas eu sabia que a viagem ia fazer valer a pena. E fez! Chegamos em Praga e fomos direto para o estúdio que alugamos, era muito bonito e o melhor, tínhamos privacidade. Como as coisas são mais baratas na República Tcheca, nós fizemos vários rolês de táxi. Existe um app de táxi chamado AAA que você pede pelo celular, mas paga em dinheiro. Dividido cada uma pagava mais ou menos 2€ cada vez que andávamos de táxi, o que daria na mesma que andar de transporte público. Então resolvemos ser patroas e só andar de táxi uma vez na vida! Haha.

    A cidade de Praga é dividida por Distritos, desde Praga-1 até Praga-8. Nosso estúdio era em Praga-8, o mais afastado, então foi por isso que usamos mais o táxi. Mas se você pegar um hotel em outros distritos, é mais fácil fazer as coisas andando. Antes de ir claro que pesquisamos e vimos que Praga é uma das cidades mais bonitas da Europa. E é mesmo! Achei tudo muito parecido com a Ucrânia também, mas Praga ainda é mais bonita.

    Em cada canto, cada rua, um lugar bonito para se fotografar. Vários bares, cafés e restaurantes e todos com cerveja barata. Pagamos em média de 1.70 czk um copo de 500 ml de cerveja, o que aqui na Holanda não seria menos de 4 euros. Ou seja, amantes de cerveja vão amar Praga! Cervejas famosas como a Budweiser nasceram lá!

    Fizemos todas as atrações turísticas e as consideradas um pouco loucas. Que obviamente, são as que eu mais gosto. Fiz todo roteiro basicamente com lugares “off the map”. Alguns deles não conseguimos ir porque realmente eram longe e precisávamos ter alugado carro para poder visitar. Mas mesmo assim, nos divertimos muito! Visitamos um laboratório de um alquimista de verdade, um bar selecionado, que tu só entra se gostarem da sua cara, e tava tocando ópera lá dentro! Eu amei demais.

    Por outro lado, percebi que as pessoas lá são um pouco estúpidas, a impressão foi que elas não tem paciência para turistas. E também não falavam muito inglês. No mesmo bar selecionado que eu comentei ali em cima, tomamos uma cerveja com o Jonas de Sense8. Quem já viu sense8 sabe, e eu juro, era IGUAL. E no final ele disse que o nome dele é Jordan e que ele veio da Jordânia, e isso soou muito falso, então eu prefiro acreditar que era mesmo o Jonas tentando mascarar o fato. Eu nunca vou saber.

    As pessoas em Praga são muito estilosas, eu me inspirei muito andando pelas ruas de lá, e várias pessoas são super góticas! Vimos vários!

    Foi uma viagem incrível, amei todas as partes menos as partes dentro do ônibus, e com certeza gostaria de poder voltar e passar mais tempo por lá. Se alguém tiver alguma dúvida ou quiser mais dicas sobre o lugar, me mandem e-mail que eu ficarei feliz em ajudar. Meu e-mail: contatojenjeans@gmail.com

    Um beijo, e tchau!