• Vídeo Novo

  • Oláá!! Mais uma segunda começando com dica da nutri!
    E para hoje, um post que foi sugerido por uma de nossas leitoras!!! *.*

    Atualmente tem aumentado muito o consumo de sementes, mas, quais será que são seus benefícios? Não sabe? Então acompanhe hoje o primeiro post de 3 que preparei para falar apenas deste assunto!!

    SEMENTE DE LINHAÇA

    linhaça-linhaça

    A linhaça é uma semente que atua como fonte de fibras e de gorduras benéficas, por isso é recomendada no tratamento de dislipidemias (colesterol e triglicerídeos aumentados). Possui excelente atividade antioxidante, auxiliando no retardo do envelhecimento dos vasos sanguíneos, atuando no tratamento de varizes, diabetes e hipertensão arterial.
    Esta semente é bastante rica em lignanas, substâncias muito semelhantes ao estrógeno e por isso chamadas de fitoestrógenos. Assim, mulheres que sofrem com a TPM ou a menopausa podem utilizá-la no tratamento. É também ótima fonte de ômega 3, um agente anti-inflamatório e regenerador das células.
    Existem dois tipos de linhaça, a marrom e a dourada, mas elas não apresentam grandes diferenças nutricionais. As maiores diferenças estão na forma que a encontramos: óleo, semente ou farinha. O óleo possui concentração maior de ácido alfa-linolênico (versão vegetal do ômega 3) do que a semente de linhaça inteira. Como a linhaça é uma semente que contém gordura, compra-la já moída torna-a mais propensa à oxidação, por isso precisa ser guardada na geladeira e sem exposição à luz. Por isso minha recomendação é comprar a semente e triturá-la na hora que for utilizar, pois assim você favorece a liberação do óleo e não o perde pelo processo de oxidação. Para o caso de consumir a semente inteira, o importante é mastigá-la bem para que haja a liberação do óleo.

    SEMENTE DE CHIA

    chia

    Com propriedades muito semelhantes à linhaça, a chia é rica em ácidos graxos ômega 3, auxilia na redução da pressão arterial, melhora a memória e funciona como antioxidante e anti-inflamatório.
    É também fonte de fibras, por isso aumenta o volume das fezes, melhorando o ritmo intestinal e sendo assim aliada no tratamento de prisão de ventre. Auxilia também na diminuição nos níveis de colesterol e triglicerídeos, controla a glicemia, reduz processo inflamatório (reduzindo risco de infarto e AVC) e é excelente para auxiliar no emagrecimento.
    Para os veganos, intolerantes a lactose ou para aqueles não consomem laticínios por opção, esta semente é uma excelente fonte de cálcio!
    A chia proporciona mais saciedade, pois em contato com líquido no interior do estômago forma uma espécie de “gel”. Diante dessa reação, a digestão torna-se mais lenta, o indivíduo fica satisfeito mais rapidamente e durante um período mais longo e, então, passa a consumir porções menores de alimentos, o que auxilia no processo de emagrecimento. Este mesmo gel formado no estômago pode ser preparo por nós, apenas deixando as sementes na água, e ser utilizado como substituto do ovo em receitas, por exemplo!!! Basta misturar 1 colher de sopa da semente de chia com 3 colheres de sopa de água e você terá uma quantidade de gel suficiente para substituir um ovo em qualquer receita.

    De forma geral, todas as sementes são fontes de fibras e gorduras e podem ser adicionadas em saladas, frutas, sucos, vitaminas, iogurte, sopas, pães, biscoitos, bolos.

    No próximo post trarei mais 2 sementes incríveis para serem incorporadas na nossa alimentação!!
    Até a próxima ;)
    Beijos, nutri Luana Effting