• Vídeo Novo

  • Meu nome é Luana e este é meu terceiro post aqui no Cabide. No último falei a respeito dos rótulos dos produtos alimentícios e sobre os principais itens a serem observados durante a escolha dos mesmos. Hoje continuo mais ou menos neste mesmo tema, porém agora pretendo esclarecer as principais diferenças entre os alimentos diet, light e integral.

    LIGHT

    Alimentos-Light-São-A-Melhor-Opção-Para-Emagrecer-02

    É o produto que tem redução de, no mínimo, 25% do seu valor calórico ou de determinados nutrientes (açúcar, gordura, colesterol, sódio), em comparação ao produto tradicional.
    Sendo assim, teoricamente alguém que busque perda de peso, por exemplo, deve procurar pelos produtos lights com baixos teores de gorduras e açúcares, e consequentemente de calorias. Basta comparar entre a tabela nutricional do produto normal e do light e verificar qual foi a redução que houve. No entanto, nem tudo é tão perfeito e fácil assim rsrsrs, com a retirada de gordura e açúcar o alimento tende a ficar ruim, por isso é preciso adicionar realçadores, sódio e demais coisinhas que nem sabemos ao certo, para deixar o sabor parecido com o produto normal. Então, quando for optar pelo produto light, além de observar o que foi diminuído, observe também o que foi aumentado.
    Exemplificando: Se uma pessoa hipertensa e com excesso de peso quer emagrecer, ela tende a optar pelo produto light, porém, se ao analisar o rótulo ela perceber que o light possui mais sódio do que o normal, é preferível que ela opte pelo normal em virtude da sua patologia já existente (hipertensão).
    Por isso que nem tudo que dá certo para um, quer dizer que vai funcionar para o outro!!

    DIET

    diet

    É aquele produzido industrialmente e que apresenta ausência ou quantidades bem reduzidas de determinados nutrientes (carboidratos, açúcar, sal, lactose, gordura) e por isso nem sempre os alimentos diets apresentam baixas calorias. Eles são criados para indivíduos que precisam seguir uma dieta baseada na restrição ou redução de um determinado nutriente. Então, por exemplo, uma pessoa com diabetes deve consumir alimentos com pouca quantidade ou isentos de açúcar. Para isto ela precisará verificar se o produto diet que ela deseja comprar retira justamente o açúcar.
    O maior problema disso tudo são os diversos aditivos que são incorporados aos produtos para que eles mantenham o sabor. As pessoas devem ter em mente que estes produtos são facilitadores, mas devem ser uma opção apenas para variar, para quando não der tempo de preparar o alimento. Continuo batendo na mesma tecla, prefira ALIMENTOS à produtos!!

    INTEGRAL

    alimentos-integrais

    Bom, este é um pouquinho diferente dos outros dois. O produto integral é aquele que possui ingredientes na sua forma integral, ou seja, que não passou pelo processo de refinamento. Então normalmente encontramos o arroz integral e principalmente produtos à base de trigo integral, como pães, bolachas, macarrão, massa de pizza… Porém, como já falei no ultimo post, é preciso ficar atento a este tipo de produto, pois muitos contém também grande quantidade de trigo branco, as vezes até mais do que o integral!
    As vantagens deste tipo de produto é que são ricos em fibras, auxiliando no funcionamento intestinal e diminuindo o índice glicêmico dos alimentos.

    Bom, gostaria que vocês comentassem aqui se ficaram com alguma dúvida e também se tiverem algum assunto que queiram saber, podem colocar que assim que for possível eu falo sobre ele!

    Beijos, e até a próxima!!

    Oiieee!! Tudo bom?? Meu nome é Luana, sou nutricionista e estou aqui pela segunda vez para falar com vocês sobre assuntos relacionados a alimentação e nutrição. Para quem quiser ver meu primeiro post está aqui.
    Bom, tô aqui novamente para falar de um assunto bem bacana e que acredito que pouca gente saiba a respeito: RÓTULOS NUTRICIONAIS. Você aí, sabe ler o rótulo nutricional dos produtos alimentícios? Sabe quais são as principais informações a serem observadas? Como fazer para entender as diversas letras miúdas dos rótulos? É pra isso que estou aqui hoje!!

    11992501_846522452110335_787609524_n

    Para começar, a “capa” do rótulo deve deixar claro do que se trata o produto. Deve informar o que contém na embalagem e principalmente informações relevantes como a presença de glúten e lactose e se há adição de compostos como ômega 3, por exemplo. Porém, não vale (e muitas empresas fazem isto!!) informar coisas que podem levar o consumidor a confusão, como dizer que o milho verde enlatado não contém colesterol… Para muitos isto é óbvio, pois o milho naturalmente não contém colesterol, porém, esta informação pode confundir alguns consumidores, fazendo-os optar pela determinada marca em detrimento desta informação. Então é preciso ficar esperto para não cair nestas “armadilhas”!

    Um detalhe muito legal para se observar durante a escolha do produto é a lista de ingredientes, que é obrigatória em qualquer produto alimentício. Os ingredientes devem ser escritos em ordem decrescente, sendo o primeiro aquele em maior quantidade no produto, e o último aquele em menor quantidade.

    rotulo

    Observem que este cereal matinal contém como primeiro ingrediente a farinha de milho, ou seja, é o ingrediente presente em maior quantidade neste produto, em seguida é o açúcar!!
    Uma coisa legal é que geralmente quanto mais ingredientes conhecermos, melhor tende a ser o produto. Nestes acima, quantos você nem sabe o que são?? Procure optar por aqueles com menos nomes “estranhos”, pois a maioria trata-se de conservantes e realçadores de sabor, e quanto menos, melhor! Observe agora o rótulo abaixo. Trata-se de um suco que leva apenas laranja como ingrediente e seu processo de pasteurização é que garante seu maior tempo de prateleira (que claro é bem mais curto que outros sucos cheios de conservantes).

    11995492_846522445443669_1871212548_n

    Essa informação é ainda mais legal quando observamos os produtos integrais. Muitos destes possuem como primeiro ingrediente justamente a farinha branca e não a farinha integral. Então quer dizer, é muito mais refinado do que integral, certo?
    Bem, em relação a tabela nutricional, é importante observar sempreee o valor da porção que está indicada.

    11994488_846522442110336_237293378_n

    Nesta tabela acima a porção que corresponde aos seus valores é de 30 g ou seja, 5 biscoitos. Quer dizer que o valor energético e as quantidades de carboidratos, proteínas, gorduras e assim por diante, correspondem a apenas 5 biscoitos, e não ao pacote todo viu??? De forma geral, é importante observar os produtos que não contenham gordura trans e que as gorduras saturadas e o sódio sejam reduzidos. Já as fibras em maiores quantidades normalmente indicam bons produtos. Na verdade, esta tabela é uma continuação da lista de ingredientes, pois, se eu tiver como ingrediente castanhas, nozes e amendoim, meu produto será mais calórico e terá mais gordura, mas estas serão calorias e gorduras do bem. Agora, se eu tiver por exemplo, um produto light/desnatado, você verá valores reduzidos de gordura e calorias, porém, provavelmente o sódio estará elevado, assim como o número de aditivos. Ou você acha que o produto continua gostosin como??? Rsrsrs
    Masss, esta questão de light/diet já é assunto para um próximo post!
    Espero que tenha esclarecido algumas dúvidas e também deixado um gostinho de quero mais!!

    Beijoss e até a próxima!!
    Luana