• Vídeo Novo

  • Hoje, eu acordei com sentimento de nostalgia. Não sei se foi porque terça (11/04) saiu a notícia que o chocolate da Turma da Mônica irá voltar pros mercados, ou se foi apenas saudade de algumas coisas. E indo nessa vibe de nostalgia, hoje vim trazer pra vocês algumas coisas que me trazem esse sentimento.

    1 – Desenho Animado

    Por sorte, eu tenho uma irmã pequena então sempre que eu posso eu assisto desenho com ela, os da minha época. Nasci em 1994 então os desenhos eram: O Laboratório de Dexter, Vaca e o Frango, Meninas Super Poderosas, Pokemon (a primeira temporada!!), Hey Arnold, Sakura Card Captor, Sailor Moon, Rocket Power, Turma do Recreio e tantos outros. Sim, assim como sou viciada em seriados atualmente, eu era com os desenhos. E sempre, que eu vejo algum deles, e confesso dizendo que as vezes procuro para assistir, me da aquele feeling de quando eu sentava no sofá da minha sala, com uma xícara de Nescau e a minha única preocupação era se o Ash iria conseguir a insignia!

    2 – Chocolates

    Eu sou chocólatra, assumida. E não nego! E tem muuuuitos chocolates que lembram a minha infância. Alguns deles existem até hoje como o Leite Moça e Sensação. Mas alguns como: Surpresa, Chocolate Looney Tunes, Chocolate do Nescau, da Turma da Mônica e o Chocolate Mania, eu durmo todas as noites imaginando quando nos veremos de novo. Além dos chocolates também tinha aquele Mocinha, lembram? Que era leite condensado em um saquinho. NOSSA <3

    3 –  Músicas

    Não tem como ouvir Felipe Dylon e não pensar nos meus 12 anos. Não tem como ouvir Rouge e não lembrar que eu ficava na frente do espelho ensaiando os passinhos. Ou cantar bem alto “To nem aí” da Luka. Bandas como Simple Plan, Green Day, Br’oz e até algumas bandas e cantores clássicos da mpb como: Ira!, Cazuza e Legião Urbana. Música é algo bem marcante para mim, elas sempre simbolizam momentos, pessoas e lembranças. Então se eu for citar cada uma que lembra algo, ficaremos aqui até a próxima quinta!

    4 – Fanta Maçã

    Essa tem um tópico próprio. Alô Coca Cola, se você está lendo (vamos fingir que sim) coloca de novo a Fanta Maçã na prateleira do mercado, não a maçã verde, a outra. Era uma deliiiiiiiiiiiicia. Na época ainda tinha a citrus e a de morango. Nossa, sério. Que saudade.

    5 – Pulseira de Dadinho

    Não sei vocês, mas eu tive uma época bem emo. Eu usava cinto de rebite, franja lambida no olho, ouvia Avril Lavigne, e tinha pulseira de dadinho. Sempre acompanhada de umas de bolinhas, ou uma munhequeira. Mas era estilo que não acabava mais.

    5 itens, de uma lista enorme, que me trazem nostalgias. E pra você, o que mais marcarou a sua infância e que merecia ser compartilhado? Conta aí, ficarei muito feliz em saber.

    Beijo, e boa páscoa para todos <3

     

    Aiii! Tem como não ter saudade da melhor época de nossas vidas? É praticamente impossível né. Como amanhã é dias das crianças, nós do Seven List nos antecipamos e listamos 7 coisas que sentimos falta da infância. Bom, é difícil listar apenas sete, mas aí depois você nos conta quais outras coisas que você gostaria de ter visto na lista ok?

    Se você é adulto nos dias de hoje é porque foi criança pelo menos entre os anos 90 e 2000, ou até mesmo antes disso. Naquela época onde não existia smartphone, tablet, a internet era discada e a televisão era de tubo. Ahh! E Netflix? A gente nem sonhava que um dia teríamos a nossa melhor amiga disponível em todos os momentos.

    Nostalgias a parte, a infância sempre será aquela fase que trará muitas lembranças boas em nossas vidas, pelo menos para a maioria das pessoas. Mesmo que essas lembranças sejam apenas um borrão em nossas memórias, elas sempre trarão um aconchego em nossos corações.

    E para relembrar todas a coisas boas de ser criança, confira abaixo 7 coisas que sentimos falta da infância.

    seven-list-cabide-colorido-7-coisas-que-sentimos-falta-da-infancia

    Se você ainda está entre a infância e a adolescência, veja nosso outro post com 7 coisas para fazer antes dos 20 anos, e segui todas as dicas a risca. Quem avisa amigo é!

    Dá uma passadinha lá no Seven List, que tal? Com certeza você vai gostar. E não deixe acompanhar o Cabide Colorido todos os dias.

    Olá galerinha, tudo bem? Embarque comigo nesse trem do barulho e vamos relembrar os filminhos mais passados na sessão da tarde. Muitas aventuras recheadas de confusão e filmes da pesada! (você leu isso com a voz do narrador).

    Sessão_da_Tarde_2004

    Não, mas agora é sério. Acho que uma das melhores partes do meu dia quando eu era menor, era quando eu estudava de manhã. Chegava em casa na hora do almoço. Comia. Me jogava no sofá. Só saia de lá depois da malhação. Hoje eu fiquei relembrando os filmes que mais passavam. Porque eu lembro de pensar: Mas de novo esse filme????? Mas a gente via de novo e de novo. Esperava a novela ”Vale a Pena Ver de Novo” acabar, e que coisa que não acabava nunca! E aí sim, a tarde estava feita.

    Quem lembra de Loucademia de Polícia? Passava todo dia. A Lagoa Azul e De Volta para a Lagoa Azul, com crianças semi nuas. E eu sempre queria que eles se beijassem! Os Batutinhas poderia passar mais que uma vez por dia, porque é o melhor filme da minha infância. Eu adorava A Família Buscapé, por causa da parte que eles acham que mostrar o dedo do meio é dizer Olá, e eles começam a mostrar o dedo pra todo mundo, com o maior sorriso no rosto. E também eu sempre queria ter a sorte que eles tiveram. Um dos meus filmes preferidos, O Jardim Secreto, passava demais e eu e a minha irmã sempre assistíamos. Marcou demais a minha vida. E na época de natal que não parava de passar Esqueceram de Mim 1, 2, 3…  E quem nunca quis ter uma montanha russa no jardim de casa igual ao Riquinho? E cantar berrando na sala ao som de Twist and Shout em Curtindo a vida Adoidado? Chorar muuuuito em meu Primeiro Amor. Porque ele tinha que ter alergia de abelhas?  Débi & Lóide marcaram presença também. E aquele que eu amava ver e quando passava eu ficava feliz: Jurassik Park. Eu sempre queria ser a Cher no filme As Patricininhas de Beverly Hills. Ela era rica, linda e tinha as roupas mais legais. Duro de Matar eu nunca assistia porque é muita ação para mim. Ficava irirtada quando ia passar. Ia na locadora e alugava um filme diferente rs Ninguém aguentava mais ver Rambo, mas em compesação O coração de Cavaleiro podia passar na sessão da tarde e no telecine no mesmo dia. A Vóvozona era até que engraçado, vai. Uma Linda Mulher passava uma vez por semana. Coração de Dragão, da época que eu não sabia que o dragão era um efeito especial. K9 – Um policial bom pra Cachorro e todos os outros filmes de cachorro e macaco que falam. Odiava!

    Eu sei que existem muito mais filmes que passavam. Mas acho que esses foram os mais marcantes para mim. E eu vi que o narrador agora é uma mulher. Acabaram com a nossa infância. Não quero nunca escutar.
    Alguém sabe se os filmes de hoje em dia ainda sao os mesmos? Tomara que sim <3
    E quais os preferidos de vocês?

    Beijos!

    Mais uma vez e provavelmente não a última, venho misturar cinema com música. Pensei nisso porque assisti o filme 10 coisas que eu odeio em você, e nele toca as músicas “Can’t take my eyes off of you”, I want you to want me” e até mesmo “bad reputation”. Que são músicas ótimas, porém não muito lembradas. Pensei em escrever sobre as músicas INESQUECÍVEIS. Aquelas que não importa onde ou quando tocarem, sempre vão nos levar pra cena do filme em que ela foi tocada.

    Materia-Musica-Filme

    Como a música “My Heart Will Go On” da Céline Dion. Sei que imediatamente lembrou de Jack e Rose a bordo do Titanic. Levou até o Oscar de melhor canção original.
    Sério, escutem. NOSTALGIA.

    Someeeeewhere over the raiwbow...” Não adianta, quando você ver um arco-íris, vai lembrar dessa música, lembrar de O Mágico de Oz. Mais um vencedor de Oscar como melhor canção original.

    E o que dizer sobre Time of my life, de Bill Medley e Jennifer Warnes? Que não faz muito tempo teve um remix criado pelo Black eyed peas. E mesmo no remix, Dirty Dancing na cabeça.

    Grease – Nos tempos da brilhantina nos trouxe John travolta e Olivia Newton com Summer Nights, música que eu era viciadona. Tinha o clipe baixado e tudo. Até hoje sei cantar.

    O filme estrelado por Tom Cruise conta com uma música que também fez muito sucesso nas rádios mundo afora. Hoje em dia, é impossível ouvir “Take My Breath Away” sem imediatamente associá-la a Top Gun. Vencedor do Oscar de melhor canção original.

    Acho que essa é a que mais lembra, junto com a do Titanic, claro. Acho que são as duas mais clássicas. Unchained Melody é daquelas canções que logo remetem a romance. Regravada mais de 500 vezes, nos mais diversos idiomas, sempre vai lembrar Ghost – Do Outro Lado da Vida.

    Fui escutando as músicas a medida que ia lembrando dos filmes. Muito bom se perder lembrando desses filmes e músicas que ficaram na nossa cabeça para sempre. Sempre vão ser lembradas.

    Qual a música inesquecível de filme que você mais gosta?