• Vídeo Novo

  • Venho enaltecer esse filme maravilhoso que eu vi no cinema sábado, dia 29/07.

    Cheguei lá no cinema sem nem saber da existência desse filme, abrimos o aplicativo filmow e começamos a ver a pontuação e os comentários dos filmes que estavam em cartaz. Entre Homem Aranha, Piratas do Caribe, o novo filme do Christopher Nolan, Dunkirk (que eu sei que é muito bom também) e Baby Driver, em disparada Baby Driver ganhou! E realmente, não decepcionou. Não sei nem por onde começar, mas vamos lá.

    No Brasil o nome do filme é Em Ritmo de Fuga. Ficou com cara de filme de Tela Quente, né? Baby (Ansel Elgort) tem uma mania curiosa: precisa ouvir músicas o tempo todo para silenciar o zumbido que perturba seus ouvidos desde um acidente na infância. Excelente motorista, ele é o piloto de fuga oficial dos assaltos de Doc (Kevin Spacey), mas não vê a hora de deixar o cargo, principalmente depois que se vê apaixonado pela garçonete Debora (Lily James).

    E esse elenco? Fora nomes como Jamie Foxx, que fez Django Unchained e Jon Hamm, que fez vários filmes ótimos também + Ansel + Kevin + Lily e temos o filme perfeito. O diretor, Edgar Wright, que também trabalhou no filme Scott Pilgrim VS. The World, tem um estilo muito próprio e inovador. É como assistir os vídeos de grandes Filmmakers, mas no formato para cinema.

    As transições são muito boas, eu fiquei de boca aberta o filme inteiro. Como o protagonista precisa ouvir música praticamente o tempo todo, temos um filme rico em trilha sonora. Desde a primeira cena a gente já vê como vai ser a vibe. E as cenas se encaixam com a música, dando a impressão que o filme está dançando, cada take exatamente na parte da música que deveria estar. É impecável. Ao desenrolar do filme vamos descobrindo mais sobre Baby, de um jeito natural e inteligente. O filme também faz referência com Taxi Driver, e eu amo referências, fica explícito para todos em quem o diretor se inspirou.

    Para ser sincera eu não gosto muito de filmes de ação, eu nunca vejo. E principalmente filme com carro. Fast and Furious? tô fora! Pego minha bike e vou embora. Mas com Baby Driver foi diferente, as cenas foram tão bem feitas e elaboradas, não parecem forçadas e me deixou tensa todas as vezes. Quase comi meus dedos.

    Na minha opinião Baby Driver é o filme do ano! Pode vir, Oscar!

    Assistam, por favor! E depois me contem.
    Um beijo e tchau!

    Faltam 20 dias para o Oscar 2017 e eu resolvi trazer a vocês a lista dos indicados, e falar um pouco sobre os filmes que eu já vi! O evento esse ano será apresentado por Jimmy Kimmel, eu não sabia quem ele era, e ainda não sei, mas acho que vai ser legal. Haha

    MELHOR FILME

    A Chegada – de Denis Villenueve, estrelando Amy Adams, Jeremy Renner e Forest Whitaker.
    Cercas – de Denzel Washington e estrelando ele mesmo com Viola Davis.
    Até o Último Homem – de Mel Gibson, estrelando Andrew Garfield.
    A Qualquer Custo – de David Mackenzie, estrelando Dale Dickey, Ben Foster e Chris Pine.
    Estrelas Além do Tempo – de Theodore Melfi, estrelando Taraji P. Henson, Octavia Spencer e Janelle Monáe.
    La La Land: Cantando Estações – de Damien Chazelle, estrelando Ryan Gosling e Emma Stone.
    Lion: Uma Jornada Para Casa – de Garth Davis, estrelando Dev Patel e Nicole Kidman.
    Manchester à Beira-Mar – de Kenneth Lonergan, estrelando Casey Affleck e Michelle Williams.
    Moonlight – Sob a Luz do Luar, de Barry Jenkins, estrelando Mahershala Ali.

    DIREÇÃO

    A chegada – Denis Villeneuve
    Até o último homem – Mel Gibson
    La la land: cantando estações – Damien Chazelle
    Manchester à beira-mar – Kenneth Lonergan
    Moonlight: sob a luz do luar – Barry Jenkins

    MELHOR ATOR PRINCIPAL

    Casey Affleck – Manchester à Beira-Mar
    Andrew Garfield – Até o Último Homem
    Ryan Gosling – La La Land: Cantando Estações
    Viggo Mortensen – Capitão Fantástico
    Denzel Wasington – Cercas

    MELHOR ATRIZ PRINCIPAL

    Isabelle Huppert – Elle
    Ruth Negga – Loving
    Natalie Portman – Jackie
    Emma Stone – La La Land: Cantando Estações
    Meryl Streep – Florence: Quem É Essa Mulher?

    ATRIZ COADJUVANTE

    Viola Davis – Um limite entre nós
    Naomie Harris – Moonlight: sob a luz do luar
    Nicole Kidman – Lion: Uma jornada para casa
    Octavia Spencer – Estrelas além do tempo
    Michelle Williams – Manchester à beira-mar

    ATOR COADJUVANTE

    Mahershala Ali – Moonlight: sob a luz do luar
    Jeff Bridges – A qualquer custo
    Lucas Hedges – Manchester à beira-mar
    Dev Patel – Lion: Uma jornada para casa
    Michael Shannon – Animais noturnos

    FOTOGRAFIA

    A Chegada
    La la land: cantando estações
    Lion: uma jornada para casa
    Moonlight: sob a luz do luar
    Silêncio

    LONGA DOCUMENTÁRIO

    Fogo no mar – Gianfranco Rosi
    I am not your negro – Raoul Peck
    Life, animated – Roger Ross Williams
    O.J.: made in America – Ezra Edelman
    A 13ª Emenda – Ava DuVernay

    CURTA DOCUMENTÁRIO

    Extremis
    4.1 miles
    Joe’s violin
    Watani: my homeland
    The white helmets

    FILME ESTRANGEIRO

    Terra de Minas (Dinamarca)
    Um homem chamado Ove (Suécia)
    O apartamento (Irã)
    Tanna (Austrália)
    Toni Erdmann (Alemanha)

    MIXAGEM DE SOM

    A chegada
    Até o último homem
    La la land: cantando estações
    Rogue One: uma história Star Wars

    EFEITOS VISUAIS

    Horizonte profundo: desastre no Golfo
    Doutor Estranho
    Mogli: o menino lobo
    Kubo e as cordas mágicas
    Rogue One: uma história Star Wars

    MAQUIAGEM

    Um homem chamado Ove
    Star Trek: sem fronteiras
    Esquadrão suicida

    FIGURINO

    Aliados
    Animais fantásticos e onde habitam
    Florence: quem é essa mulher?
    Jackie
    La la land: cantando estações”

    EDIÇÃO DE SOM

    A chegada
    Horizonte profundo: desastre no Golfo
    Até o último homem
    La la land: cantando estações
    Sully: o heroi do Rio Hudson

    DIREÇÃO DE ARTE

    A chegada
    Animais fantásticos e onde habitam
    Ave, César
    La la land: cantando estações
    Passageiros

    TRILHA SONORA

    Jackie
    La la land: cantando estações
    Lion: uma jornada para casa
    Moonlight: sob a luz do luar
    Passageiros

    CANÇÃO ORIGINAL

    Audition (The fools who dream) – La la land: cantando estações
    Can’t stop the feeling – Trolls
    City of stars – de La la land – cantando estações
    The empty chair – de Jim, The James Foley Story
    How far I go – de Moana: um mar de aventuras

    ROTEIRO ORIGINAL

    A qualquer custo
    La la land: cantando estaçõe
    O lagosta
    Manchester à beira-mar
    20th Century women

    ROTEIRO ADAPTADO

    A chegada
    Um limite entre nós
    Estrelas além do tempo
    Lion: uma jornada para casa
    Moonlight: sob a luz do luar

    LONGA DE ANIMAÇÃO

    Kubo e as cordas mágicas
    Moana: um mar de aventuras
    Minha vida de abobrinha
    A tartaruga vermelha
    Zootopia

    CURTA ANIMADO

    Blind Vaysha
    Borrowed Time
    Pear Cider and cigarettes
    Pearl
    Piper

    EDIÇÃO

    A chegada
    Até o último homem
    A qualquer custo
    La la land: cantando estações
    Moonlight: sob a luz do luar

    CURTA-METRAGEM

    Ennemis intérieurs – Slim Azzazi
    La femme et le TGV – Timo von Gunten e Giacun Caduff

    Eu estou aos poucos tentando ver os filmes que foram indicados, mas até agora eu só dei conta de ver ”A Chegada”, que está concorrendo em várias categorias. E eu curti muito, achei muito bom e recomendo!

    Ah, e o filme ”Capitão Fantástico” em que o ator Viggo Mortensen concorre como melhor ator também é muito legal. Amei.

    E ai, quem vai ganhar as estatuetas?

    Léozinho meu amor, antes tarde do que nunca, não é mesmo?

    leo

    Vamos recapitular: ele já foi indicado como melhor ator em 7 filmes, antes de vencer com o filme ”O Regresso”.

    Sendo eles:
    Arnie Grape em Gilbert Grape – Aprendiz de Sonhador
    Jack Dawson – Titanic
    Howard Hughes – O Aviador
    Billy – Os Infiltrados
    Danny Archer – Diamante de Sangue
    Calvin Candie – Django Livre
    Jordan Belfort – O Lobo de Wall Street

    Fora outros filmes em que ele nem se quer foi nomeado. Eu achei que ele mereceu MUITO ganhar com o seu papel em O lobo de Wall Street, ele foi SENSACÍONAL nesse filme. Mas ok, ele também foi tudo isso em O Regresso. Eu tive a sorte de ter visto no cinema e saí de lá querendo entrar de novo para rever. Eu li que ele mesmo diz que esse foi o papel mais difícil que ele já fez. Vocês sabiam que a parte em que ele come um peixe cru, aquele peixe era realmente um peixe cru???? Assim como em Django Livre, que ele corta a mão e não para de gravar, aquele sangue todo era de verdade! Um grande ator, um dos meus preferidos, mereceu muito esse Oscar, e mereceu mais um só pelo seu Discurso!

    Pronto, agora que ele ganhou o primeiro, ele já pode ganhar o segundo, estou torcendo!

    Beijos!