• Vídeo Novo

  • Preciso comentar o que é o Lollapalooza? Acho que não. Vocês que me acompanham aqui já sabem do meu estilo de música, lugares que adoro ir, e muito provavelmente foram ou gostariam de ir no festival desse ano. Né não?

    Foi minha primeira vez no Lolla e por mais que o lance da pulseirinha pra comprar qualquer coisa lá dentro tenha feito eu, e mais as outras 190 mil pessoal, perderem muito tempo em filas, o festival foi incrível. Começando pela vibe de saber que você irá encontrar bandas que você adora, e melhor ainda, dividir espaço com outros fãs que estão com o mesmo sentimento que você! É por isso que eu gosto tanto de show, não é só pelo artista no palco, mas pela multidão que sabe que os caras são foda e que tem o mesmo bom gosto musical que o seu.

    O Lollapalooza é todo decoradinho com esses lambe-lambes, acho que é a forma barata que encontraram de revestir os tapumes do autódromo, sem parecer bizarro. Hahaha, e da certo viu? eu amei tirar foto na frente deles!

    O look do primeiro dia é uma t-shirt da loja Uh LaLah  com bordado discreto escrito “cute as fuck”, eu amo essa t-shirt num grauuuu <3 e ah, também usei um shorts que comprei em um brechó dos EUA. Cintura alta e com a barra dobrada, do jeito que eu gosto. E como eu sabia que iria fazer frio a noite, joguei uma camisa xadrez escuta na cintura. Nos pés, usei meu Vans que tá só o ó-do-borogodó de tão velhinho, coitado.

    Já no segundo dia eu ousei um pouco mais e fui de slipdress também da Uh Lalah, e camiseta com golinha colorida e um bordado MUITO AMOR atrás, escrito “clothes have no gender”, maravilhosa! A t-shirt é da Sislla, uma marca aqui da região que eu amo.  Deixei minha pochete, que também usei no primeiro dia, bem à mostra e fazendo parte do look. Eu amei! Essa pochete é da Melissa, e você encontra fácil na loja online ou nos Clubes Melissa espalhados pelo país.  Ah, e nos pés eu estava com meu All Star branco (que agora está cinza).

    Continuando a falar do Festival, algumas coisas que são um pouco complicadas mas a gente supera:

    – Fica muito longe de tudo, da umas 2 horas de metrô+trem da Av. Paulista.
    – Jamais, nunquinha, nem pense em ir de carro/uber/cabify. As ruas se fecham, o trânsito fica caótico e conheci um cara que levou 5 horas pra chegar no autódromo.
    – A Skol patrocina então você vai pagar 12 reais numa Skol, chorar, e continuar pagando afinal você já está lá dentro mesmo. Se você não toma cerveja, toma aqui 6 reais em um COPO de água.
    – Só tem banheiro químico e eles ficam MUITO zoados, como em qualquer evento grande né?

    Mas o que é bom deve ser exaltado, tipo essa foto maravilhosa minha e da Bru compartilhando amor com o mundo, ou então o fato de eu ter conhecido nada mais nada menos que a Pabllo Vittar e ela ter me chamado de “Gata” umas 10x. Ah, e a gente tinha a mesma pochete <3

    Além disso tudo citado acima, tem também os SHOWS né minha gente? E as bandas que eu mais amei e tava louca pra assistir foi: Glass Animals (que presença de palco maravilhosaaaa), The XX (amor eterno, vibes e tal), Vance Joy (infelizmente peguei só as duas últimas músicas do show, porque cheguei atrasada) e MO (que é maravilhosa e eu me apaixonei pelo album todo).

    E ah, eu fiz um vlog maravilhoso de como foi meu primeiro dia no Lolla e da pra sentir a vibe do meu show preferido do festival: GLASS ANIMALS!

    Espero que tenham gostado, um beijo!

    Encontrei uma forma bem linda de compartilhar com vocês algumas das coisas que eu mais estou curtindo nos últimos tempos: um post reunindo tudo! <3

    Muitos de vocês me perguntaram na LIVE da semana passada, e nos vídeos, o que eu costumo ouvir, assistir, ler… e hoje vou indicar várias coisas legais pra vocês! Se liga:

    2017 começou muito bem quando o assunto é cinema! Em Janeiro eu assisti dois ótimos filmes, o primeiro deles: Moana: Um Mar de Aventuras, e até falei sobre o filme neste post aqui. E há algumas semanas atrás eu assisti “Até o Último Homem” (Hacksaw Ridge, como título original). E meus amigos, que filme!

    Conta basicamente a história de vida do soldado e paramédico Desmond Doss durante a Segunda Guerra Mundial, interpretado por Andrew Garfield (QUE ATOR!). E ah, é um filme baseado em fatos reais.. o Desmond era um cara brilhante, com um coração enorme e que até o fim da Guerra salvou 75 homens no campo de batalha, arriscando sua própria vida. Sem mais delongas, vocês precisam assistir. O filme está concorrendo a 6 categorias no Oscar 2017 e eu tô torcendo pra levar pelo menos um!

    Agora, no que diz respeito a “música”, eu não paro de ouvir o novo álbum da diva que todo mundo respeita: Pabllo Vittar!  <3 As músicas tem uma pegada bem brasileira, ora funk, ora forró e até umas batidinhas de reggaeton! As letras são super alto astral e tenho certeza que anima qualquer um. Não deixa de ouvir, tá? As minhas músicas preferidas são K.O, TODO DIA e TARA!

    Tão bom ter essa rotina trabalhando em casa, sobra muuito mais tempo para maratonar séries! As últimas que eu e a Bruna assistimos e amamos foi: The OA e Black Mirror. Mas na semana passada começamos uma série, que não tem nada de nova, mas que é maravilhosamente boa: Outlander!

    PS: Obrigada amiga Cris pela indicação!

    Outlander é uma série britânica sobre uma viajante do tempo criada por Ronald D. Moore, e baseada nos livros de Diana Gabaldon. A autora levou 23 anos até terminar todos os livros da série, que ao total são oito! A inglesa Claire Randall, enfermeira durante a Segunda Guerra Mundial, viaja com seu marido Frank à Escócia para uma reaproximação após anos separados pela guerra. Entretanto, Claire acaba que por meio de alguma magia ~desconhecida até então, porque eu só estou no terceiro episódio e já amo essa série ~ voltando 200 anos no tempo e se vê sozinha no ano 1743. PENSA SÓ. Assista, tem na Netflix!

    Sou a pessoa que mais fala que “vai voltar com o hábito da leitura”, e não volta. Tá vergonhoso, Michelle. Mas, pelo menos tenho um livro para indicar que eu ganhei no último mês e tento ler uma crônica todo dia: Karol Pinheiro e As Coisas Mais Legais do Mundo! Você que já conhece o trabalho da Karol, sabe o que eu estou falando né? Comprar revista Capricho só pra ler a crônica dela na última página era tipo “<3 <3 <3” Ela tem uma linguagem bem fácil e uma visão de mundo bem parecida com a minha. Cheia de sonhos e leveza! Indico =)

    Eu teria muuitos canais pra indicar pra vocês, mas os outros eu indico nos próximos posts. Mas o canal que eu assisti, sem dúvidas, todos os dias de Janeiro foi o Fotografando a Mesa! A Isa e o Felipe são um casal maravilhoso de SP que postam vídeos todos os dias, mesmo. E em Janeiro eles passaram 18 dias na África do Sul e fizeram vlogs maravilhosos. Assiste, curte, se inscreve, eles são ótimos! link aqui. 

    Bom, esse foi meu resumão de “últimos favoritos”, espero que tenham curtido esse tipo de post, se quiserem mais, talvez um todos os meses, me avisem!

    Um beijo, amo vocês!