Já tivemos rabanada vegana, salpicão vegano e por que não pavê de paçoca vegano?

A receita de hoje é super fácil de fazer, típica receita pra você preparar para a ceia de Natal ou Ano Novo! Anota aí os ingredientes e modo de preparo:

Ingredientes:

Creme do Pavê:
3 xícaras (de chá) de leite vegetal
1/4 de xícara de melado
1/4 de xícara (de chá) de leite vegetal misturado com 3 colheres (de sopa) de amido de milho
4 paçocas esfareladas

Montagem:
1 pacote de bolachas do tipo maisena
1 xícara de Leite vegetal para molhar as bolachas
Amendoim torrado ou paçoca esfarelada para decorar

Modo de Preparo:

Em uma panela adicione todos os ingredientes do creme do pavê e mexa bem até obter um creme grossinho e homogêneo. Desligue o fogo e deixe esfriar um pouco. Em uma travessa de vidro ou taça de sobremesa, adicione uma camada de biscoito maizena molhado no leite vegetal (é importante que o biscoito não seja molhado dos dois lados, para não ficar muito mole), uma camada de creme, outra de biscoito e assim sucessivamente até cobrir a travessa ou taça. Termine o pavê com uma camada mais grossa de creme e leve à geladeira  por pelo menos 2 horas. Na hora de servir cubra a parte de cima do pavê com amendoim torrado e moído ou mais paçoca esfarelada e bom apetite!

Espero que você tenha gostado da receita. Feliz Natal!

Eu amoooo lasanha, mas depois de ter me tornado vegana eu não achei que teria graça comer ela sem todo aquele queijo que a gente já conhece. Me surpreendi depois de fazer essa receita que, além de leve, é também muito gostosa! Confere aí:

Ingredientes:

1 berinjela grande
4 tomates médios
2 colheres de azeite
2 dentes de alho
1 pitada de sal
1 xícara de castanha de caju
2 colheres de sopa de amido de milho
1 xícara de agua
temperos, sal e pimenta

Modo de Preparo:

A berinjela será a base da nossa lasanha, e além dela, teremos dois molhos: de tomate e molho branco. Comece deixando as castanhas de caju de molho em 1 xícara de água enquanto você prepara o molho de tomate.  Em um liquidificador adicione os tomates, pitada de sal, azeite e os dois dentes de alho, triture tudo até ficar homogêneo, reserve. Com a jarra do liquidificador limpa, vamos começar agora o molho branco. Coloque as castanhas hidratadas + água, o amido de milho, e os temperos que você preferir (usei sal, alho em pó e orégano). Bata tudo bem até ficar homogêneo e leve essa mistura para uma panela com fogo baixo. Mexa até engrossar e desligue o fogo.

Hora da montagem! Corte a berinjela em tiras finas e monte a lasanha em um refratário de vidro. Primeira camara: molho de tomate, seguido pela berinjela e depois molho branco, repita esse processo até terminar. Por cima polvilhe farinha de linhaça dourara e algumas castanhas que sobraram da receita. Eu cortei elas para formar uma farofa de castanha. Bom apetite!

Espero que tenha gostado da receita, para ver mais detalhes confira o vídeo:

Um beijo!

Muesli (com a pronúncia “musli”) é um cereal matinal bastante popular na Europa e à base de flocos de aveia crus, frutas secas, sementes e grãos.

Diferente da granola, o Muesli é uma mistura crua que não leva adoçante ou qualquer outro tipo de açúcar na sua composição. Ele não precisa ir ao forno e pode ser comido tanto quente (em forma de mingau) como frio (com leite vegetal e frutas frescas).

Ingredientes:

2 xícaras de Aveia em Flocos
1 xícara de flocos de arroz
1 xícara da semente de sua preferência (usei de girassol)
1 xícara de frutas secas da sua preferência (usei passas brancas e pretas)
Meia xícara dos grãos de sua preferencia (usei uma mistura de avelãs, castanhas de caju e amêndoas)
2 colheres de chia

Modo de Preparo

Misture todos os ingredientes acima e coloque-os dentro de um pote de vidro esterilizado e bem fechado. Coma o seu muesli com leite vegetal, frutas, canela e adoce se quiser.

O muesli também vai muito bem por cima de sorbet de frutas, frutas frescas ou então, sorvetes.

Espero que tenha gostado da receita de hoje!

Um beijo e até a próxima!

Já começou a Oktoberfest Blumenau 2017 e eu não poderia deixar de homenagear essa festa que eu tanto adoro, né?

Por esse motivo que hoje eu trago uma receita maravilhosa de Batata Recheada, um dos pratos típicos da Oktoberfest.  Como eu falei no vídeo que postei lá no canal do Youtube, você pode rechear a batata com o que você quiser, strogonoff de cogumelos, de grão de bico, de soja, outros tipos de legumes, ou seguir as minhas dicas e criar essa batata colorida e saborosa. Anota aí a receita:

Ingredientes:

2 batatas grandes
1 lata de Milho
1 xícara de azeitona
1 xícara de tomate picado
1 xícara de pimentão vermelho picado
1 xícara de palmito em conserva picado
1 xícara de cheiro verde picado
1 xícara de cebola branca picada
1 colher de sopa de amido de milho
1 colher de sopa de alho triturado
1 xícara de batata palha

Modo de Preparo:

Cozinhe as batatas com casca por mais ou menos 15 minutos. Reserve. Em uma frigideira com um fio de azeite, refogue o alho e a cebola, e vá adicionando o tomate, pimentão, azeitona, cheiro verde, palmito e milho aos poucos. Deixe cozinhar bem e adicione o amido de milho para engrossar o molho. Ah, não esqueça de adicionar o sal, pimenta, e outro tempero que você gostar. Com uma colher, retire toda a parte de dentro da batata (guarde essa parte para fazer um purê mais tarde, ou adicionar a batata que sobrou em alguma outra receita), até ela ficar como na foto acima, parecendo um barquinho. Adicione o recheio dentro da batata e se preferir, coloque queijo para levar ao forno pré aquecido a 180 graus por 20 minutos. Por fim, jogue um pouco de batata palha por cima e a sua batata recheada estará pronta!

Uma receita super fácil e barata, que pode ser bastante nutritiva dependendo do que você colocar dentro dela, e muito saborosa.

Espero que você tenha gostado da receita!

Um beijo.

De todos os países que eu estava louca pra visitar durante esse mês, aquele que brilhava os olhos era a Bélgica. Não sei se é porque minha bisavó nasceu lá, ou se porque é a terra da cerveja, mas eu adoro!

Hoje trouxe uma versão fit, vegana e super fácil dos famosos waffles que são vendidos em todos os cantos da Bélgica.

Espero que você curta, confira:

Ingredientes:

1 1/4 xícara de leite vegetal (usei de amendoim)
1 colher de chá de vinagre de maçã
1/4 xícara de azeite de oliva ou óleo de coco
1/4 cup melado
1/2 cup aveia em flocos
1 3/4 cups farinha de arroz
1 1/2 chá de fermento
1 colher de chá de extrato de baunilha
1/2 colher de chá de canela

Modo de Preparo:

Misture o leite vegetal com o vinagre e mexa. Deixe descansar por cinco minutos para ativar uma reação entre esses dois ingredientes. Adicione a mistura o azeite de oliva e melado (ou açúcar). Em outra bacia maior adicione os ingredientes secos e mexa até ficar tudo bem misturado, adicione os ingredientes líquidos e misture até todos se encorporarem. Deixe descansar por 10 minutos. Pré aqueça a maquina de waffles (temperatura a 4 ou 5 para ficar crocante), ou a sanduicheira. Coloque um pouco de azeite na máquina para não grudar e meia xícara de massa para 1 waffle.

Para o sorvete: congele bananas picadas, bata no liquidificador com extrato de baunilha ou outras frutas que você gostar, e sirva o sorvete com o waffle. Você pode fazer nozes caramelizadas para colocar em cima.

Delicioso demais, né não?

Espero que tenham gostado!

Um beijo!!