• Vídeo Novo

  • Léozinho meu amor, antes tarde do que nunca, não é mesmo?

    leo

    Vamos recapitular: ele já foi indicado como melhor ator em 7 filmes, antes de vencer com o filme ”O Regresso”.

    Sendo eles:
    Arnie Grape em Gilbert Grape – Aprendiz de Sonhador
    Jack Dawson – Titanic
    Howard Hughes – O Aviador
    Billy – Os Infiltrados
    Danny Archer – Diamante de Sangue
    Calvin Candie – Django Livre
    Jordan Belfort – O Lobo de Wall Street

    Fora outros filmes em que ele nem se quer foi nomeado. Eu achei que ele mereceu MUITO ganhar com o seu papel em O lobo de Wall Street, ele foi SENSACÍONAL nesse filme. Mas ok, ele também foi tudo isso em O Regresso. Eu tive a sorte de ter visto no cinema e saí de lá querendo entrar de novo para rever. Eu li que ele mesmo diz que esse foi o papel mais difícil que ele já fez. Vocês sabiam que a parte em que ele come um peixe cru, aquele peixe era realmente um peixe cru???? Assim como em Django Livre, que ele corta a mão e não para de gravar, aquele sangue todo era de verdade! Um grande ator, um dos meus preferidos, mereceu muito esse Oscar, e mereceu mais um só pelo seu Discurso!

    Pronto, agora que ele ganhou o primeiro, ele já pode ganhar o segundo, estou torcendo!

    Beijos!

    Mais uma vez e provavelmente não a última, venho misturar cinema com música. Pensei nisso porque assisti o filme 10 coisas que eu odeio em você, e nele toca as músicas “Can’t take my eyes off of you”, I want you to want me” e até mesmo “bad reputation”. Que são músicas ótimas, porém não muito lembradas. Pensei em escrever sobre as músicas INESQUECÍVEIS. Aquelas que não importa onde ou quando tocarem, sempre vão nos levar pra cena do filme em que ela foi tocada.

    Materia-Musica-Filme

    Como a música “My Heart Will Go On” da Céline Dion. Sei que imediatamente lembrou de Jack e Rose a bordo do Titanic. Levou até o Oscar de melhor canção original.
    Sério, escutem. NOSTALGIA.

    Someeeeewhere over the raiwbow...” Não adianta, quando você ver um arco-íris, vai lembrar dessa música, lembrar de O Mágico de Oz. Mais um vencedor de Oscar como melhor canção original.

    E o que dizer sobre Time of my life, de Bill Medley e Jennifer Warnes? Que não faz muito tempo teve um remix criado pelo Black eyed peas. E mesmo no remix, Dirty Dancing na cabeça.

    Grease – Nos tempos da brilhantina nos trouxe John travolta e Olivia Newton com Summer Nights, música que eu era viciadona. Tinha o clipe baixado e tudo. Até hoje sei cantar.

    O filme estrelado por Tom Cruise conta com uma música que também fez muito sucesso nas rádios mundo afora. Hoje em dia, é impossível ouvir “Take My Breath Away” sem imediatamente associá-la a Top Gun. Vencedor do Oscar de melhor canção original.

    Acho que essa é a que mais lembra, junto com a do Titanic, claro. Acho que são as duas mais clássicas. Unchained Melody é daquelas canções que logo remetem a romance. Regravada mais de 500 vezes, nos mais diversos idiomas, sempre vai lembrar Ghost – Do Outro Lado da Vida.

    Fui escutando as músicas a medida que ia lembrando dos filmes. Muito bom se perder lembrando desses filmes e músicas que ficaram na nossa cabeça para sempre. Sempre vão ser lembradas.

    Qual a música inesquecível de filme que você mais gosta?

    Love is in the air pessoas! Pensei em selecionar os 5 filmes mais românticos de todos os tempos para você assistir com seu par, ou com seus gatos. Os filmes mais românticos geralmente são aqueles de se acabar de chorar, e esses são os que os homens menos gostam. Mas, é valentines day, tem que assistir e também tem que chorar. Só que meu, TODO mundo sabe que P.S. Eu te Amo, O Diário de Uma Paixão, Titanic, Ghost, Antes que termine o dia, Um amor para recordar […] são os clássicos do romantismo, e são de chorar e são maravilhosos DEMAIS. Pois bem, eu vou tentar passar para vocês alguns filmes novos, com diferentes formas de amor, só que saindo um pouco daquilo que todo mundo pensa, quando em pensa em filme romântico.

    1 – Ela
    Em um futuro próximo na cidade de Los Angeles, Theodore Twombly (Joaquin Phoenix) é um homem complexo e emotivo que trabalha escrevendo cartas pessoais e tocantes para outras pessoas. Com o coração partido após o final de um relacionamento, ele começa a ficar intrigado com um novo e avançado sistema operacional que promete ser uma entidade intuitiva e única. Ao iniciá-lo, ele tem o prazer de conhecer “Samantha”, uma voz feminina perspicaz, sensível e surpreendentemente engraçada. A medida em que as necessidades dela aumentam junto com as dele, a amizade dos dois se aprofunda em um eventual amor um pelo outro.
    Essa forma de amor é a forma virtual e (quase) impossível. Quantas pessoas se apaixonam por pessoas de outros estados e países, e quase nunca tem a oportunidade de vê-los ou toca-los. É um amor sofrido e dolorido, mas ainda assim é amor.

    b0152461_53a176fa874c7

    2 – Mesmo se Nada der Certo
    Gretta (Keira Knightley) e Dave (Adam Levine) são namorados de longa data e parceiros na composição de músicas. Quando ele consegue um contrato com uma grande gravadora em Nova York acaba deixando tudo para trás, inclusive Greta. Mas a vida da jovem tem uma nova virada quando ela conhece Dan (Mark Ruffalo), um produtor musical falido que a vê cantando em um bar e se encanta com seu talento.
    Forma de amor que não da certo no final. Nem sempre tudo são rosas e as vezes o seu parceiro pode decepcionar você de formas que você nem imaginava. Mas o filme Mesmo se nada der certo, que se chama Begin Again (começar de novo) nos mostra como se mesmo que nada der certo, isso vai passar, e você sempre pode começar de novo.

    joyy

     

    3 – Moonrise Kingdom
    Anos 60, em uma pequena ilha localizada na costa da Nova Inglaterra. Sam (Jared Gilman) e Suzy (Kara Hayward) sentem-se deslocados em meio às pessoas com que convivem. Após se conhecerem em uma peça teatral na qual Suzy atuava, eles passam a trocar cartas regularmente. Um dia, resolvem deixar tudo para trás e fugir juntos. O que não esperavam era que os pais de Suzy (Bill Murray e Frances McDormand), o capitão Sharp (Bruce Willis) e o escoteiro-chefe Ward (Edward Norton) fizessem todo o possível para reencontrá-los.
    O amor mais inocente de todos. Que não se importa com nada, a não ser em ficarem juntos. 

    10841465_430415073775771_1042693616_n

    4 – Inquietos
    Restless tem como protagonistas Mia Wasikowska (Alice in Wonderland) e Henry Hopper (Kiss & Tell). Ambos partilham a mesma preocupação com a mortalidade, a partir do momento em que a jovem com 16 anos de idade descobre que tem uma doença terminal e se apaixona por um rapaz marginalizado que sofre com a morte da sua família – o que de alguma forma produz um fantasma de um piloto japonês kamikaze (Ryo Kase) da Segunda Guerra Mundial.
    Amor paciênte, compreensível e amigo. Fica do seu lado e segura a sua mão mesmo no seu estado terminal de vida. Na saúde, ou na doença. E até que a morte os separe.

    10841465_430415073775771_1042693616_n

    5 – Toda a Forma de Amor
    Oliver (Ewan McGregor) conhece a irreverente e imprevisível Anna (Melanie Laurent) apenas meses após seu pai Hal (Christopher Plummer) falecer. Esse novo amor inunda Oliver com memórias de seu pai, que – após 44 anos de casamento – saiu do armário aos 75 anos para viver uma vida plena, energizada, tumultuada e maravilhosamente gay. As consequências da honestidade nova de Hal, as vezes engraçada e comovente, trouxe pai e filho mais próximos do que nunca. Oliver agora se esforça para amar Anna com toda a bravura, humor, e esperança que seu pai lhe ensinou.

    10841465_430415073775771_1042693616_n

    A forma de amor que o nome já diz tudo. Todas as formas de amor é amor!

    Eu já assisti todos esses filmes, por isso posso dizer que são lindos e podem ser assistidos no Valentines Day. Claro que nem todos vão fazer vocês chorarem. Mas terminar o filme com um sorriso no rosto é ainda melhor.

    Muito amor pra todos vocês. 

    Vamos descobrir onde foram parar os atores e atrizes que nos acompanharam em filmes quando éramos crianças e que sumiram após grande sucesso.

    1 – Haley Joel Osment
    Depois de ver crianças mortas em O Sexto Sentido, o astro parecia destinado ao estrelato, mas as suas escolhas de atuação não ajudaram muito: durante os anos 2000, por exemplo, ele se dedicou principalmente à dublagem de videogames, com poucos filmes no currículo. Hoje, aos 26 anos e com alguns quilos a mais, Haley Joel Osment está tentando reconstruir a carreira nas séries de televisão.

    girasol2 – Macaulay Culkin
    Por falar em astros mirins, este foi um dos mais queridos de todos os tempos, mas a fama não lhe fez nada bem. Depois do famoso Esqueceram de Mim, Culkin cresceu, tornou-se um adolescente rebelde envolvido com drogas, a praticamente sumiu dos cinemas. Seu último filme foi o pequeno e mal recebido Sexo e Mentiras, de 2007, e desde então ele apenas fez pequenas aparições nas séries Kingse Frango Robô.

    girasol3 – Brendan Fraser
    Talvez os últimos grandes sucessos do ator tenham sido em 2008, com A Múmia: Tumba do Imperador Dragão e Viagem ao Centro da Terra: O Filme. Desde então, ele tem se dedicado a peças de teatro, com resultados razoáveis, enquanto aposta em pequenas produções familiares no cinema, como Deu a Louca nos Bichos (2010) e O Que Será de Nozes? (2014). Seu próximo papel será na minissérie de televisão Texas Rising.

    girasol

    4 – Julia Stiles
    Quando a carreira nas comédias românticas não estava mais dando certo, e a franquiaBourne não precisava mais dela, Stiles soube diversificar muito bem a carreira, com uma passagem premiada na série Dexter e em Blue, além de bons papéis no teatro e um sólido trabalho no cinema independente, incluindo os aclamados It’s a Disaster eBetween Us, além do oscarizado O Lado Bom da Vida. A atriz também experimentou a função de diretora na série de televisão Paloma.

    girasol

     

    5 – Alicia Silverstone
    A partir dos anos 2000, a Patricinha de Beverly Hills nunca mais conseguiu um grande papel nos cinemas. Ela continua atuando em cerca de três filmes por ano, mas são geralmente projetos pequenos (Um Salão do Barulho, Alex Rider Contra o Tempo), ou participações pequenas em filmes maiores (Butter). Mas não foi por falta de tentar: Silverstone foi a estrela do piloto da série de televisão HR, que não foi aprovada. Seus próximos filmes serão Gods Behaving Badly, com Sharon Stone, e Angels in Stardust.

     

    girasol

    6 – Jennifer Grey
    A famosa Baby de Dirty Dancing – Ritmo Quente luta para conseguir papéis no cinema desde os anos 2000. Ela acumulou fracassos em filmes pequenos, e conseguiu apenas aparições esporádicas em séries de televisão, como John From Cincinnati e House, além da participação no reality show Dancing With the Stars. Seus últimos filmes foram a comédia dramática In Your Eyes e o trabalho como dubladora americana do filme japonês Vidas ao Vento.

    055921.jpg-c_620_260_x-f_jpg-q_x-xxyxx

    Existem muitos outros que sumiram também. Como as gêmeas Mary-Kate e Ashley Olsen. Fizeram muito sucesso e hoje não ouvimos mais falar.
    Agora já sabemos o que eles estão fazendo da vida.

    Até ano que vem!