Vale o Clique: Faroeste Caboclo – O Filme

Como todos sabem, não é de hoje que sou apaixonada por Legião Urbana. Cresci ouvindo os clássicos da banda brasiliense, decorei meu quarto com os pôsteres do Dado Villa-Lobos <3 e fui praticamente alfabetizada com as frases de Renato Russo. Aos dez me declarei como verdadeira fã legionária ao aprender a cantar Faroeste Caboclo, a música mais conhecida da banda, com quase nove minutos de duração.

E para minha felicidade, neste mês tive a sorte de ver dois filmes inspirados na minha banda favorita serem lançados. O primeiro foi “Somos Tão Jovens”, que estreou já no comecinho de maio apresentando os primeiros acordes da maior banda de rock do Brasil: a Legião Urbana.

Confesso que me arrepiei ao ouvir Tempo Perdido, Ainda é Cedo (dedicada a Aninha rss) e Por Enquanto, assim como desejei com todas as minhas forças poder voltar no tempo e viver um pouquinho mais dos anos 90.

Hoje, mais de duas décadas depois finalmente chegou as telas do cinema, a história de amor entre um tal de João de Santo Cristo e Maria Lucia e também o tão esperado momento do duelo final.

CC2

Inspirado na música de Renato Russo, Faroeste Caboclo é um verdadeiro clássico para o cinema brasileiro. O filme retrata a história do pobre órfão que ao entrar para a vida do crime, se apaixona pela filha do senador, o que dá inicio a uma guerra sangrenta contra o playboy e jeremias, o maconheiro sem-vergonha (…)

Os fanáticos pela Legião Urbana (eu), talvez não fiquem contentes com o resultado final, porém, vale lembrar que o longa está longe de ser um videoclipe da musica, como muitos esperavam que fosse.

“Uma história de amor, luta, ódio e vingança!” :’)

Beijosss

Anah Molinari

Comments

comments